Publicidade

Aprendendo a se relacionar com a psique masculina

Curso destrincha a psicologia masculina e propõe um maior entendimento do sexo oposto

O objetivo do curso é caracterizar a psique masculina para as mulheres, ressaltando as diferenças – iStock

Muitas mulheres se sentem
confusas ao lidar com indivíduos do sexo oposto (namorados, maridos, pais e
filhos), identificando neles um modo de agir e de ver o mundo que lhes parece
estranho. Atitudes e comportamentos masculinos podem parecer totalmente
incoerentes para as mulheres.  Elas podem criticar e temer sua
competitividade e agressividade instintivas, ou o contrário, como é comum em
nossos tempos modernos, as mulheres podem se incomodar profundamente com a
falta de iniciativa e de assertividade dos homens, o que faz com que elas se
sintam sozinhas nas decisões e atuações cotidianas.
                As
mulheres, muitas vezes, também identificam uma característica masculina que é
vista como incoerente, como se seus parceiros, filhos ou pais fossem incapazes
de agir para o aprimoramento do relacionamento, cumprindo à risca as regras de
boa conduta. Os homens parecem fazer exatamente o contrário, deixando-as
confusas e irritadas com a injustiça e a falta de bom senso da atuação
masculina. O objetivo do curso é caracterizar a psique masculina para as
mulheres, ressaltando as diferenças e também discutindo atitudes que podem
melhorar o relacionamento delas com os homens.

Publicidade

Parceria
sem subjugação: aprendendo a se relacionar com a psique masculina

9 a 30 de maio de 2017, terça-feiras, das 14h às 16h