Publicidade

Sábado pede contato com a natureza

O mestre do tempo, Saturno, pede reflexão sobre os ciclos da vida e maior contato com a natureza

Em sintonia com o sábado – iStock

Saturno era o último planeta do sistema
solar conhecido pelos povos antigos e, para eles, assinalava os limites do
Universo. Na astrologia, foi associado à responsabilidade, à consciência e à
noção das próprias limitações, atributos do deus romano que batizou esse dia na
língua inglesa (saturday).

Publicidade

Da mesma forma que assinala o fim de
mais um ciclo – o semanal –, o sábado é o dia propício para encarar e tentar
superar desafios e restrições que impedem o crescimento e a expansão. Aproveite
para fazer um balanço do que realizou e do que falta por fazer, reveja o
passado e visualize o futuro. Termine tarefas, honre seus compromissos e
procure eliminar o que já não serve mais em sua vida. Finalmente, descanse e
restaure as forças para começar a nova semana que começa no domingo. Tente não
dar início a novos projetos: prefira fazê-lo na terça-feira ou na quinta-feira,
se possível.

Avalie perdas e ganhos

Você não precisa sacrificar o espírito
de diversão próprio do sábado para essa reflexão. Apenas reserve algum tempo,
por menor que seja, para esse exame interno. Aproveite também o contato com a
natureza para refletir sobre os ciclos da vida, que são regidos por Saturno.

Deus romano: Saturno, deus do tempo

Publicidade

Deus indiano: Hanuman, deus da força
para superar limites

Planeta: Saturno

Signos: Capricórnio e Aquário

Publicidade

Cor: Cinza-chumbo

Metal: Chumbo

Pedra: Ônix

Publicidade

Aroma: Mirra

Anjo: Cassiel

Bom para: Descansar e entender desafios
e limitações

Publicidade

Ruim para: Começar novos projetos