Ícone do site

Prefeituras de Porto Alegre e Cuiabá cancelam eventos oficiais do réveillon nas capitais

Published 01/12/2021

Prefeituras de Porto Alegre e Cuiabá cancelam eventos oficiais do réveillon nas capitais - PxHere

As prefeituras de Porto Alegre, Rio Grande do Sul, e Cuiabá, Mato Grosso, cancelaram os eventos oficiais de réveillon nas cidades. Os anúncios foram compartilhados pelos órgãos públicos nesta segunda-feira, 1.

O prefeito de Porto Alegre, Sebastião Melo (MDB), cancelou a festa tradicional que ocorre na Orla do Guaíba. Vale lembrar que o evento há pouco havia sigo confirmado pelo político. “Diante da incerteza sobre a nova variante do coronavírus, a Ômicron, definimos pelo cancelamento da festa de Réveillon na Orla do Guaíba, junto à Usina do Gasômetro. É uma medida de cautela, em um cenário impreciso quanto à dimensão e ao potencial de gravidade.”, escreveu Melo em sua conta oficial no Twitter no período da manhã.

+++ China promete distribuir 1 bilhão de doses da vacina da covid-19 para África

Já Emanuel Pinheiro (MDB), prefeito da capital mato-grossense, para além do réveillon, também proibiu o Carnaval 2022 na cidade, além de ter compartilhado com os cidadãos a futura exigência do passaporte da vacina na cidade. Os decretos oficiais sobre as decisões ainda serão divulgados.

Recentemente, nós também noticiamos o cancelamento da festa oficial de Réveillon da cidade de Salvador, Bahia, uma das maiores do Brasil. A onda de cancelamentos se dá principalmente para evitar as aglomerações em massa, pensando que ainda vivemos um momento pandêmico, ainda mais com a chegada da variante ômicron da covid-19 no Brasil.

+++ Fundador da Anvisa, Gonzalo Vecina adverte: ”Nem pensar fazer réveillon ou Carnaval”

De acordo com informações do site oficial da prefeitura de Porto Alegre, já foram aplicadas na cidade 2.358.768 doses dos imunizantes contra a covid-19. Já em Cuiabá, foram aplicadas 854 mil doses da vacina.