Testeira
  coluna-jamar-tejada   / Por escolher um desses?

Clean beauty: o novo conceito em cosmética natural que é tendência mundial

"A tendência pelo natural está além da estética, é uma tendência de conscientização de sua responsabilidade com o meio ambiente", pontua Jamar Tejada na coluna desta semana

JAMAR TEJADA Publicado quarta 13 janeiro, 2021

O que é a tendência Clean Beauty, vista no ramo das maquiagens, protetores e cosméticos em geral? Jamar Tejada explica! - Freepik

Nunca se falou e procurou tanto produtos naturais como nos dias de hoje, parece que as criaturas finalmente entenderam que quanto mais brilho, cor, cheiro e sabor provavelmente mais químicos foram adicionados para garantir esse resultado e quase sempre os metais pesados são os responsáveis.

O fato é que os metais pesados não são os vilões da história, eles podem ser encontrados na natureza e muitos são essenciais para a nossa saúde, mas nem todos -- e mesmo os essenciais podem ser prejudiciais.

A manifestação da toxicidade está associada à dose e pode se distribuir por todo o organismo, afetando vários órgãos, alterando os processos bioquímicos e também aquilo que você aprendeu lá nas aulas de biologia, as organelas e membranas celulares.

+++ Insônia X tratamentos naturais: usufrua do poder dos fitoterápicos, dos Florais de Bach e dos óleos essenciais

Acredita-se que pessoas idosas e crianças sejam mais susceptíveis às substâncias tóxicas, assim como é sabido que as principais fontes de exposição aos metais tóxicos são os alimentos, já que temos elevado índice de absorção gastro-intestinal, além dos vegetais absorverem do solo cada vez mais pobre em nutrientes e rico em toxinas.

Porém, o que a maioria das criaturas não sabe, é que esses metais podem estar presentes também nos cosméticos, pois os metais desempenham diferentes funções numa fórmula, desde pigmentação em maquiagens até a proteção contra raios UV em protetores solares e cremes. A regulamentação da presença desses componentes metálicos é feita pela ANVISA, de acordo com a classificação do cosmético.

Três metais são mais comuns em formulações cosméticas:

O zinco, que pode ser encontrado na forma de óxido de zinco, cuja função é atuar como um filtro ultravioleta. Dessa forma, este composto é muito utilizado em protetores solares devido a sua propriedade bloqueadora de radiação UV agressiva (causadora de danos a pele). 

O alumínio, que é comum em antitranspirantes, e pode aparecer como diferentes sais e complexos ou como uma combinação com outro metal, o zircônio. O tipo de sal ou complexo de alumínio, bem como a quantidade ideal de uso, varia de acordo com a formulação e se o produto será aerossol ou não. A ação antitranspirante deste metal pode ser explicada pela combinação de alumínio e zircônio, a qual promove a formação de uma espécie de película nas axilas que resulta no entupimento dos poros sudoríparos e, consequentemente, impede a saída do suor, o que não é bacana.

E o ferro, que é encontrado nas fórmulas cosméticas como óxidos de ferro, que são pigmentos inorgânicos naturais. Os batons são os produtos em que mais são aplicados e são responsáveis por aderir a cor que você tanto gosta.

Mediante todo esse medo com a toxicidade, cada vez vem entrando mais no mercado o termo “clean beauty”, que é aquele conceito de cosmético que não traz nenhum “problema”, “efeito negativo” ao organismo humano ou seja, é um cosmético livre de ingredientes nocivos à saúde e que não desencadeiam doenças ou desequilíbrios.

+++ Antioxidante, anti-inflamatório, anti-hipertensivo, antidiabético e antimutagênico: conheça mais sobre o Chá Verde

Infelizmemte o que vemos no mercado é uma confusão de conceitos, porque a grande maioria das pessoas acredita que todo cosmético natural, vegano, cruelty-free ou orgânico seja clean beauty, o que não é verdade, pois alguns ativos utilizados nas formulações podem ser de origem animal ou artificial, mas não trazem malefícios ao nosso organismo. É claro que quanto mais natural, menor a probabilidade de reações de um produto, mas devemos entender as diferenças:

Cosméticos orgânicos são aqueles feitos com matérias-primas 100% naturais. Os materiais utilizados são certificados e não prejudicam o meio ambiente. Esses produtos não contêm agrotóxicos, assim como os alimentos, ou seja, são produzidos de forma sustentável!

Já os cosméticos veganos são aqueles que não contêm ingredientes de origem animal, assim como os orgânicos. Porém, a principal diferença é que os produtos veganos não necessariamente são orgânicos e naturais, já que podem ter em sua composição matérias-primas não certificadas. Ou seja, os ingredientes utilizados nos cosméticos veganos podem ser sintéticos.

Para entender os critérios para ser conceituado como “clean beauty” alguns compostos são proibidos, por isso devemos nos atentar aos seguintes produtos nocivos à nossa saúde. Esses são os principais, entre outros:

+++ DETOX: a prática constante de cuidados que vai além do suco verde
 
-Parabenos:( metilparabeno, propilparabeno, butilparabeno ou etilparabeno.)
-BHT (O Butil-hidroxitolueno) e BHA (hidroxianisol butilado)
-Sulfatos;
-Ftalatos (DEP, DBP, DEHP)
-Petrolatos (Petrolatum, Óleo Mineral, Vaselina, Parafina e Isododecane)
-Conservantes;
-Filtros químicos e o metais pesados.

A probabilidade de um cosmético natural ser menos alergênico do que os demais é sem dúvida maior, mas não quer dizer que um produto clean beauty, obrigatoriamente, não lhe causará reações adversas como vermelhidão, coceira, etc. Quando falamos em produtos derivados de plantas temos que levar em consideração o fato de que uma única planta pode conter inúmeras substâncias, o que chamamos de fitoquímicos. Logo, a probabilidade de que você possa ter uma reação qualquer não é nula.

Há cosméticos, por exemplo, feitos à base de óleos vegetais de amendoim, que pode ser sustentável, totalmente orgânico, mas isso não vai fazer com que as pessoas que são alérgicas a amendoim não tenham reações alérgicas a esse cosmético, isso vale para qualquer produto natural. Portanto, antes de tudo, teste o produto no seu punho, veja se não terá reações de irritabilidade, vermelhidão e coceira antes de aplicar diretamente no corpo.

A substituição de produções artificiais, químicas pelas naturais são uma tendência mundial que vem acontecendo cada vez mais forte, ainda mais com todas as discussões de desenvolvimento sustentável nos últimos anos. A tendência pelo natural está além da estética, é uma tendência de conscientização de sua responsabilidade com o meio ambiente, até porque aquilo que vai sobre sua pele também entra para seu corpo!

JAMAR TEJADA


Todas as quartas-feiras temos conteúdos exclusivos sobre métodos naturais para cuidarmos da saúde e do corpo... Daquele jeito que nós amamos!

Instagram: @Tejard

Contato: (11) 3063-1333

ACESSE OUTROS TEXTOS QUE JÁ FORAM AO AR:

+++ Antioxidante, anti-inflamatório, anti-hipertensivo, antidiabético e antimutagênico: conheça mais sobre o Chá Verde

+++ Pessoas negativas e o impacto na sua saúde mental, espiritual e física

Último acesso: 24 Sep 2021 - 00:21:23 (1044164).