inspiracao   / Cozinha fitness

Afinal, pipoca é ou não é saudável? Confira quais são os benefícios deste alimento para a saúde

Veja como a pipoca pode ser um alimento benéfico para seu organismo; aprenda a prepará-la

REDAÇÃO BONS FLUIDOS Publicado quarta 29 abril, 2020

Veja como a pipoca pode ser um alimento benéfico para seu organismo; aprenda a prepará-la
Confira quais os benefícios deste alimento para a saúde - PxHere

Nada melhor do que estourar uma pipoquinha para assistir a um bom filme ou maratonar uma boa série, não é mesmo? Mas além de prática e saborosa, será mesmo a pipoca uma alternativa saudável de lanche?

A resposta é sim! A ciência prova que a pipoca é um alimento saudável, pois contém antioxidantes, poderosas moléculas que combatem radicais livres, ou seja, moléculas instáveis que atacam as células humanas e provocam desastres que vão de envelhecimento precoce ao câncer.

Além disso, o milho de pipoca é fonte de vitaminas do complexo B, manganês, magnésio e fibras, presentes principalmente na casca. As fibras são responsáveis por auxiliar no funcionamento do intestino, além de fazer com que o corpo absorva os carboidratos de forma mais lenta. Isso evita os picos de insulina e ajuda no controle de diabetes, principalmente diabetes tipo 2.

Vale lembrar que a pipoca é o único produto 100% formado pelo grão. Quando nada é adicionado, a xícara de pipoca contém apenas 30 calorias. Por isso, dispense as de micro-ondas já industrializadas, e quaisquer aditivos que possam prejudicar o corpo humano, como manteiga e bacon, por exemplo. O mesmo para os ingredientes da pipoca doce, como o açúcar, chocolate, corantes, etc.

Especialistas dizem que o ideal é preparar a pipoca na panela, com óleo e temperando com sal. Mas seja cauteloso. Você sabia que o brasileiro consome o dobro da quantidade de sal indicada pela Organização Mundial da Saúde? Clique aqui para conferir a matéria na íntegra.

Já existem no mercado algumas máquinas de pipoca que estouram o milho sem que haja a necessidade de utilizar o óleo. O preço desses utensílios de cozinha gira em torno dos R$ 90. Para quem curte uma pipoquinha, o produto tem um ótimo custo benefício. Quem já testou, sabe: a pipoca fica quentinha, sequinha, não queima e não sobra um milho!

Mas é claro que nós não iriamos deixar vocês sem uma alternativa simples, caseira, e igualmente saudável. Para isso, você irá precisar de:

  • ½ xícara de chá milho para pipoca
  • ½ xícara de chá água
  • Sal a gosto
  • Plástico filme

Modo de preparo

Veja como é simples! Em um bowl ou simplesmente pote de vidro, coloque a água, o sal e o milho de pipoca. Tape o recipiente com o plástico filme e leve ao micro-ondas até todo o milho estourar. Comece com 2 minutos e 30 segundos, um pouco menos do tempo sugerido pela máquina para estourar as industrializadas 'pipocas de micro-ondas'. Fique de olho no tempo e já ajustando essa minutagem gradualmente, de acordo com a potência do seu eletrodoméstico.

Último acesso: 27 Sep 2020 - 23:05:31 (1042642).