Ícone do site

Evolução das clínicas já possibilita que tratamentos vasculares sejam feitos em consultório

Published 19/01/2022

Evolução das clínicas já possibilita que tratamentos vasculares sejam feitos em consultório - Freepik

Você sabia que, nos últimos anos, houve uma verdadeira revolução nos tratamentos de varizes ao longo do mundo, procedimentos novos que possibilitaram tratar os pacientes nos consultórios, sem a necessidade de internação hospitalar? A evolução foi possível graças a novas tecnologias presentes em consultórios médicos. 

+++ Será que você é viciado em açúcar? Saiba como descobrir!

“No Brasil, apesar dessa situação já ser realidade em alguns consultórios médicos, ainda existia resistência da classe médica em abraçar essa nova modalidade de tratamento. Apesar de ter excelentes resultados, barreiras como necessidade de altos investimentos em estrutura por parte dos vasculares, e a falta de cobertura dos convênios médicos para a maioria desses tratamentos, acabou por postergar sua aplicação em massa por aqui”, explica a cirurgiã vascular Dra. Aline Lamaita.

Evolução das clínicas já possibilita que tratamentos vasculares sejam feitos em consultório

É cada vez mais comum passar por procedimentos com rápida ou nenhuma recuperação. Isso ajuda os pacientes a se manterem ativos durante todo o processo. “A cirurgia de varizes foi substituída por um plano de tratamento elaborado e um tratamento estadiado (feito em etapas), dentro do consultório vascular”, acrescenta a médica.

+++ Receita de aperitivo com cebola para você fazer no encontro com amigos

“Nessa nova realidade o paciente passa por uma avaliação minuciosa, desde a consulta, passando pelo exame físico, exames complementares, e assim um flebograma é desenhado, um desenho elaborado com detalhes de todo o sistema venoso do paciente”, explica a médica.

A partir disso, um plano é traçado, com a combinação de um ou vários procedimentos combinados, com o objetivo de melhorar a circulação e o aspecto estético das pernas. A Dra. Aline explica que um tratamento individualizado é o ideal para se fazer, já que as veias de cada pessoa pedem tratamentos diferentes. 

+++ Saúde bucal vs Calor: dentista dá quatro dicas valiosas para cuidar dos dentes no verão

Segundo a especialista, há a garantia de processos pouco invasivos, sem precisar de repouso e, o melhor: feitos em consultórios, sem necessidade de internação.