bem-estar   / Quarentena

Quarentena: Himalaia fica visível após 30 anos 'escondido' pela poluição na Índia

A maior cadeia montanhosa do mundo pôde ser vista na Índia após diminuição da poluição

Bons Fluidos Publicado quinta 9 abril, 2020

A maior cadeia montanhosa do mundo pôde ser vista na Índia após diminuição da poluição
Himalaia foi visto na Índia após três décadas - Pixabay

A quarentena adotada em quase todos os países tem causado efeitos positivos principalmente para o meio ambiente. 

Depois que a Itália viu as águas de Veneza tornarem cristalinas, animais flagrados nas ruas de cidades desertas e São Paulo e Bangkok registrarem horizontes mais limpos, foi a vez da Índia conseguir visualizar a maior cadeia montanhosa do mundo após 30 anos. 

O país da Ásia, que possui algumas das cidades mais poluídas do mundo, adotou a quarentena para seus mais de 1,4 bilhão de habitantes há 20 dias e segundo o tabloide britânico The Sun, moradores de Punjab, no nordeste indiano, conseguiram visualizar picos do Himalaia após a poluição diminuir na região.

Em Nova Delhi, capital da Índia, centenas de macacos aproveitaram as cidades vazias e tomaram as ruas ao redor do palácio presidencial.

A diminuição da circulação de carros e paralisação das indústrias em grandes cidades reduziu a poluição do planeta consideravelmente e de acordo com o pesquisador norte-americano Lauri Myllyvirta, do Centro de Pesquisa de Energia, houve uma queda de 25% na emissão de carbono na China após o surgimento do novo coronavírus, revelou ele à BBC. 

Até o momento da publicação desta nota, a Índia já registrou 169 mortes causadas pelo coronavírus e mais de 5 mil infectados, o número dobrou em apenas 3 dias.  

Último acesso: 25 Oct 2020 - 19:21:04 (1042529).