Testeira

Eles estão por todo lado! Saiba o que são ftalatos e como eles podem prejudicar a sua saúde

Na coluna desta semana, Jamar Tejada alertou para a presença dos ftalatos em inúmeros materiais no nosso dia a dia e como eles podem afetar a saúde humana

JAMAR TEJADA Publicado quarta 31 março, 2021

Na coluna desta semana, Jamar Tejada alertou para a presença dos ftalatos em inúmeros materiais no nosso dia a dia e como eles podem afetar a saúde humana
Saiba como os ftalatos atuam no nosso organismo e onde eles estão presentes - Pexels/ Anna Shvets

É assustador! Estamos expostos a substâncias tóxicas à nossa saúde por todos os lados e é quase impossível delas escapar. Seja na água que bebemos, no ar que respiramos e até mesmo nos alimentos mantidos em recipientes plásticos, lá elas estão!

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), existem cerca de 800 compostos químicos suspeitos de interferir no sistema hormonal, na qual, a maioria ainda está sendo submetida a mais estudos. A Comissão Europeia garante que pelo menos 66 destes compostos, como bisfenol A (BPA), dioxina, atrazina e vários ftalatos (BBP, DEHP, DOP e DBP) respondem com alterações na atividade endócrina. Também não vamos nos desesperar, nosso corpo tem mecanismos de “limpeza”(pelo menos deveria ter), mas precisamos estar atentos a esse tipo de contaminação, por isso a importância de entendermos um pouco mais sobre ftalatos. 

+++ Fitoterápicos: você sabe o que são e quais as diferenças entre eles e as plantas medicinais?

O que são ftalatos?

Os ftalatos, conhecidos como plastificantes, são substâncias químicas utilizadas em diversos segmentos da indústria e que são adicionados aos plásticos mais rígidos para torná-los maleáveis. Já foi demonstrado que, embora estes compostos possam ser eliminados do nosso organismo em um período de dois dias, exposições crônicas a baixos níveis de ftalatos podem desequilibrar nosso sistema endócrino.

Mas não pense que os ftalatos existem apenas na indústria de embalagens, eles também aparecem nos tubos, forros e pisos de cloreto de polivinila (PVC), produtos médico-hospitalares, brinquedos para crianças e, infelizmente, também nos cosméticos. Aplicados em cremes hidratantes, sprays de cabelo, sabonetes líquidos, antitranspirantes, desodorantes, condicionadores e shampoos, proporcionando aspecto líquido ou de cremosidade às formulações.

Estas substancias também, promovem o brilho e a durabilidade da cor dos esmaltes, além de permitirem a fixação mais prolongada dos perfumes, podendo ser absorvidos através da pele.

Você vai encontrá-los descritos nos rótulos como: phthalates, dibutylphthalate (DBP), dimethylphthalate (DMP), diethylphthalate (DEP), ou ainda em português como butila, benzila, dibutila, diciclohexila, dietila, diisodecila, di-2-etilexila e dioctila, no qual todos fazem parte do mesmo grupo de substâncias denominadas ftalatos.

+++ Açúcar e envelhecimento! Entenda a relação e como desacelerar esse processo

Sabendo que os ftalatos estão por todos os lados, o que podem realmente causar e quando agem no nosso organismo?

O problema é o seguinte, uma vez que os ftalatos possuem a característica de não se ligar quimicamente às embalagens plásticas, estes podem ser liberados e contaminar os alimentos principalmente os gordurosos, pois têm alta afinidade em se ligar a moléculas de gordura. Nos cosméticos, eles também são liberados conforme o uso. Isso significa que eles migram dos plásticos e de outros produtos, como os cosméticos, entrando em contato com o ser humano e o ambiente. 

O outro problema é que os recipientes plásticos que contêm ftalatos, quando aquecidos no forno micro-ondas, podem liberar a dioxina, um composto orgânico tóxico, incolor, inodoro e com potencial carcinogênico.

O desequilíbrio causado no sistema endócrino também afeta o sistema reprodutor masculino, afetando a fertilidade, além de prejudicar o desenvolvimento dos órgãos reprodutivos masculinos, incluindo infertilidade, dano nos testículos, redução da contagem de espermatozoides, supressão da ovulação e anormalidades no desenvolvimento e na função dos testículos, além da ação cancerígena. Também causam efeitos sobre a saúde cardiovascular, demonstrando o aumento no risco de desenvolvimento de distúrbios do coração e vasos sanguíneos, tais como aterosclerose e hipertensão arterial. Além disso, a inalação crônica de ftalatos foi associada com a presença de asma e reações alérgicas respiratórias, especialmente em crianças.

+++ Antioxidante, anti-inflamatório, anti-hipertensivo, antidiabético e antimutagênico: conheça mais sobre o Chá Verde

Por que crianças sofrem tanto com os ftalatos?

Provavelmente as crianças têm índices mais elevados do que a maioria por levarem os brinquedos à boca. Os brinquedos são feitos com maiores quantidades de ftalatos em PVC mais amaciados (como os mordedores). Os níveis mais altos de DINP liberados dos mordedores e outros brinquedos, excedem à dose diária aceitável de acordo com pesquisas realizadas na Holanda e Dinamarca, já que esse instinto de morder sem dúvida resulta em doses mais elevadas de ftalatos.

Para reduzir o impacto negativo dos ftalatos sobre a saúde, no Brasil a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) publicou a Resolução RDC Nº 17, de 17 de março de 2008, que lista os aditivos (como agentes plastificantes) mais seguros e que podem ser utilizados na produção de embalagens plásticas que estarão em contato direto com produtos alimentícios, assim como suas concentrações e limites de migração permitidos (quantidade que pode ser liberada para os alimentos), de forma a não afetar a saúde do consumidor.

Não podemos viver numa bolha, muito menos se essa bolha for plástica, mas podemos nos afastar o máximo possível desse tipo de contaminação, buscando uma alimentação mais saudável, orgânica, optando por alimentos acondicionados em vidros, não apenas pela menor concentração de ftalatos entre outros tóxicos, mas com intuito de melhorar a bioquímica interna do nosso organismo. Um homem que traz saúde para sua mesa, já está passos na frente na batalha por uma melhor qualidade de vida!

JAMAR TEJADA


Todas as quartas-feiras temos conteúdos exclusivos sobre métodos naturais para cuidarmos da saúde e do corpo... Daquele jeito que nós amamos!

Instagram: @Tejard

Contato: (11) 3063-1333

ACESSEM OUTROS TEXTOS QUE JÁ FORAM AO AR:

+++ Regra simples de educação: A criança que se alimenta bem hoje é o adulto com saúde amanhã!

+++ A idade chega para todos! 10 regras básicas para desacelerar o envelhecimento

Último acesso: 17 Oct 2021 - 09:39:50 (1044657).