Publicidade
Você tem uma rotina de cuidados com a pele? Conheça os 5 passos básicos do skincare – Foto de Sora Shimazaki no Pexels

Com certeza você já ouviu falar em “skincare”, que, traduzido para o português, significa “cuidados com a pele”. Se eu te perguntar, você provavelmente dirá que a realiza diariamente. É raro hoje em dia encontrar alguém que realmente faça essa rotina de cuidados com a pele. Higienizar a face diariamente já é uma tarefa pendente. Imagine seguir um roteiro completo de cuidados.

Publicidade

A título de curiosidade, os egípcios, há mais de 5.000 anos, já aplicavam “skincare” na rotina. Mel, natrão (uma espécie de sal), óleos vegetais, gorduras animais e ervas eram os produtos mais utilizados nas preparações deste povo.

+++ Plantas para o exercício físico? Sim! A natureza pode te ajudar nas atividades diárias; entenda

Um dos óleos que se tem relato nessa época é o óleo de olíbano, que atualmente é “hit” nos produtos cosméticos. Existem também registros de misturas contendo farelo de arroz, extrato de jasmim e tremoço, usados como protetor solar. 
Atualmente temos os mais incríveis produtos do mundo a nossa disposição, mas por preguiça ou falta de autoestima, deixamos de lado.

Por que ter todo esse cuidado com a pele?

Todo mundo busca uma pele mais bonita com o skincare, certo? E isso é possível, sim! Principalmente quando aliado à hidratação em dia, à dieta balanceada, à prevenção dos danos causados pela exposição solar e pelos poluentes aos quais estamos expostos diariamente.

Publicidade

Com o passar do tempo, o acúmulo desses danos, somado às mudanças decorrentes do próprio envelhecimento, podem não só comprometer a aparência da pele pelo aparecimento de manchas e rugas, como também provocar condições clínicas mais graves como o câncer de pele. Aliás, o câncer não melanoma é o mais frequente no Brasil e corresponde a cerca de 30% de todos os tumores malignos registrados no país. Agora, se você não tem uma rotina de cuidados e ainda se hidrata e se alimenta muito mal, será como diz aquela expressão “descer ladeira a baixo”.

+++ Alergia e intolerância alimentar: diferenças e tratamentos naturais

Hoje existem inúmeras opções de formulações disponíveis para combater os danos acumulados e repor os nutrientes necessários para a manutenção da integridade das camadas da nossa pele. Dentre os principais benefícios oferecidos por este tipo de estratégia, podemos citar o fortalecimento da barreira cutânea, a neutralização dos radicais livres, o favorecimento da renovação celular e o controle da hiperpigmentação cutânea.

Publicidade

Assim, a cosmetologia e a nutracêutica voltadas aos cuidados com a pele são áreas que se desenvolvem em ritmo acelerado. Dois exemplos de nutracêuticos que se destacam atualmente são os peptídeos de colágeno e o famoso silício orgânico, conhecido como as cápsulas da juventude, que, aliás, desde que chegaram aqui no Brasil, eu não as largo por nada.

Quando devemos adotar o skincare?

Eu diria que devia ter sido desde ontem. Não há limite de idade e é claro que dependendo a sua faixa etária e o tipo de pele, o cuidado é diferente.

Estudos já demonstraram que idosos com xerose crônica (um estado de ressecamento, com descamação e irritação na pele) que adotam uma rotina de skincare diário percebem melhoras significativas após apenas oito dias de cuidados. Dentre os benefícios relatados, além da melhora do aspecto visual da pele e redução da coceira, também há a melhora da autoestima.

Publicidade

+++ FOME INTUITIVA: o processo de emagrecimento através da autonomia e do equilíbrio

Existe uma rotina ideal de skincare?

Como disse, dependendo do tipo de pele e da faixa etária em que você se encontra, existem produtos que trarão melhores resultados — é claro que uma conversa com seu dermatologista é mais que bem-vinda na escolha dos produtos certos. Ele vai dizer qual seu tipo de pele, quais produtos são mais indicados e quais são os proibidos. Dê preferência aos produtos mais naturais possíveis, afinal, quanto menos química, melhor.

Quais são os passos?

1º passo – Limpeza

Publicidade

A pele do rosto deve ser limpa com produtos específicos para essa região — mais sensível. Por isso, comece com o sabonete, seja ele líquido, em barra, em espuma ou em gel. Escolha o que seja ideal para o seu tipo de pele e supra suas necessidades. 

Caso não vá fazer uma “double cleasing” (segunda limpeza) mais profunda e parta direto para a terceira etapa, sempre aguarde um tempo suficiente para que a pele seque completamente, antes de passar o próximo produto. Se a pele ainda estiver molhada, o produto pode reagir de maneira inadequada, por exemplo, ionizando alguns ácidos – e isso pode favorecer uma irritação cutânea, por exemplo.

+++ Fome emocional: quem come mais, chora menos

2 º passo – Complemente a limpeza

Apenas o sabonete não irá eliminar todas as impurezas que as camadas mais profundas que a nossa cútis absorve durante o dia. Por isso, complemente a limpeza com alguma solução micelar ou tônico facial.

Os esfoliantes também são ótimos para efetuar uma limpeza mais profunda, mas atenção: os produtos esfoliantes, ainda mais esfoliantes físicos, não devem ser usados todos os dias. O indicado é esfoliar a pele somente duas vezes na semana e, caso você tenha pele sensível, uma vez na semana já é mais do que suficiente. 

E quando usar tônico ou água micelar? Depende do seu tipo de pele! Os tônicos são ótimos para quem busca uma super limpeza e é mais indicado para quem tem pele mista à oleosa e sofre com acne. Para quem tem pele mais sensível ou seca, aposte na água micelar.

+++ Fogacho: você sofre com aquela sensação súbita de calor pelo corpo? Entenda o que fazer

Os produtos usados para a esfoliação contêm grânulos na formulação para remover as impurezas pela descamação e fricção com a pele, passo que deve ser feito com cuidado e paciência, com pouca pressão e em movimentos circulares suaves para não machucar a pele. Caso contrário, pode causar irritação.

Então, a ordem que sugiro é: primeiro esfoliante (para os dias que for esfoliar) e depois o tônico ou água micelar. Caso não seja o dia de esfoliar, pode pular direito para a solução. 

3º passo – Tratamento

Agora que sua pele já está completamente limpa, é hora de focar no que você quer tratar ou melhorar na aparência. Este é o momento de introduzir os dermocosméticos que podem te ajudar a tratar algum aspecto em particular. No mercado existem diversas formulações adaptadas a aspectos e finalidades específicas. Seja um sérum, uma loção especializada ou uma máscara facial, a dica é sempre começar pelos produtos mais líquidos e terminar com os mais espessos e consistentes. NUma possível ordem, aplique a loção, seguida do sérum e, por fim, os cremes e máscaras.

Entre os produtos mais utilizados estão os alfa e beta-hidroxiácidos. Eles podem te ajudar a remover as células mortas da pele, além de ajudar a tratar manchas e acne. Entretanto, devem ser usados com atenção, pois podem sensibilizar a pele. Por isso, mais uma dica valiosa: sempre siga as orientações de uso do fabricante e do seu dermatologista.

+++ Mau hálito: possíveis causas e tratamentos não invasivos para o problema

Já o ácido hialurônico pode aumentar a hidratação, selar a umidade e ajudar no preenchimento da pele, melhorando as linhas finas. Formulações à base de água de rosas ou chá verde podem acalmar a pele, diminuindo a irritação. Vitamina E e C são potentes antioxidantes e ajudam a combater os radicais livres, prevenindo o fotoenvelhecimento. Também existem cremes específicos para a região dos olhos, que visam atenuar as linhas finas, bolsas e olheiras.

4º passo – Hidratação

Caso você não tenha nenhum “problema” específico para tratar em sua pele, pode pular diretamente para a hidratação. Manter a pele hidratada favorece o metabolismo das células, já que nenhuma célula funciona bem sem água suficiente. Por isso, ela é indispensável na rotina de cuidados para todos os tipos de pele – desde a mais seca até a mais oleosa.

Se você usa mais de um tipo de hidratante e um deles for em óleo, deixe sempre o óleo por último. Antes do protetor solar e da maquiagem, ele serve como um ‘selador’ de todos os produtos de skincare e passos anteriores. Por ser oclusivo e consistente, após passá-lo, sua pele não vai mais absorver quase nada, por isso, qualquer produto que você passar após o óleo não será bem aproveitado. Fica a dica!

+++ Cosmético vegano: muito mais que um produto, uma prova de amor à vida

5º passo – Proteção solar

Faça chuva ou faça sol, se for sair ou ficar dentro de casa, o filtro solar é indispensável. Também é importante termos como aliado um que seja ideal para nosso tipo de pele, para não sobrecarregar ou anular os passos anteriores. 

A exposição ao sol é vital pra manter uma boa saúde física e mental. Apesar disso, pode causar danos à pele que vão desde inocentes manchas solares até o temido câncer de pele. Entretanto, com o passar dos anos, os danos solares vão se acumulando e aceleram o envelhecimento cutâneo. Nesse sentido, o uso diário de um bom filtro solar é um importante aliado para manter a saúde e a beleza de sua pele. Lembre-se de reaplicá-lo no tempo adequado. 

Lembre-se: você não deve substituir o protetor solar por um BB Cream ou base com fator de proteção. Os produtos que tem o FPS como segunda funcionalidade não possuem um fator tão alto e não devem substituir o uso de um filtro solar. O protetor sempre tem que estar presente.

+++ Lapso de memória? Deu branco total? Confira quais tratamentos naturais podem ajudar a controlar a situação

Hoje, você pode manipular ativos dermatológicos para seu tratamento juntamente com o filtro solar. Eu mesmo faço uso de lipossomas de vitamina C, A e E e Coenzima Q10, entre outros agentes hidratantes como aveia coloidal. Tudo em uma base que contêm FPS 45, dê acordo com as necessidades da minha pele.

Finalmente, dê atenção às orientações de uso do fabricante de cada produto. Muitas das formulações despigmentantes usadas no tratamento de manchas e  melasma (com alguns derivados do ácido retinóico, por exemplo) devem ser usadas preferencialmente a noite, pois deixam a pele sensível e mais predisposta a desenvolver manchas solares. Formulações desse tipo também demandam uma atenção redobrada na aplicação de protetor solar durante todo o período de tratamento.

Espero que tenha lhe ajudado! Te desejo um ótimo tratamento!


Fonte: Benefícios do uso fitoterápicos sobre a melhora do desempenho físico. Adaptado de www.shutterstock.com, 2022

Todas as quartas-feiras temos conteúdos exclusivos sobre métodos naturais para cuidarmos da saúde e do corpo… Daquele jeito que nós amamos!

Instagram: @Tejard
Contato: (11) 3063-1333