Pela primeira vez, NASA tentará desviar asteroide próximo a órbita da Terra

Cientistas se preparam para testar tecnologia que pretende desviar o asteroide Dimorphos

Bons Fluidos Publicado quinta 2 julho, 2020

Cientistas se preparam para testar tecnologia que pretende desviar o asteroide Dimorphos
Cientistas testarão uma tecnologia criada para mudar o "caminho" de asteroides - Pixabay

Apesar de haver pouquíssimas chances, cerca de 0,2%, de um asteroide sofrer alguma colisão com a Terra, cientistas da NASA criaram uma tecnologia que vem sendo testada há cinco anos para enfrentar alguma possível ameaça.

Pela primeira vez a agência nacional norte-americana juntamente com a colaboração da Agência Espacial Europeia (ESA) se prepara para enfrentar a missão de atingir um asteroide em 2022. 

+ VEJA TAMBÉM: Longe do caos! NASA e SpaceX enviam astronautas ao espaço para o início de uma nova era espacial

Os cientistas norte-americanos e europeus colocarão em prática a tecnologia de deflexão, que tem como objetivo alterar ou desviar a posição natural do asteroide Dimorphos, "perto" da terra, que será uma espécie de "cobaia" para testar a eficácia da tecnologia. 

Embora a NASA desconhece asteroides que possam representar um alto risco de impacto na Terra nos próximos 100 anos, os cientistas optaram pela cautela, já que sabe-se que o asteroide mais perigoso chama-se 2009FD e tem 0,2% de chance de atingir a terra no ano 2185. 

Vale lembrar que, em 2013, um asteroide não previsto caiu na terra na região de Chelyabinsky, na Russia. Antes de entrar em contato com o solo, a "rocha" explodiu no ar, gerando uma energia 30 vezes maior que as primeiras bombas atômicas. A força da explosão danificou 7 mil edifícios próximos do local e feriu mais de mil pessoas. 
 

Último acesso: 30 Sep 2020 - 00:44:30 (1042994).