Publicidade

Pense, reflita, avalie, decida

Veja o que levar em conta na hora de tomar decisões que podem afetar você e outras pessoas a sua volta

Você é o único responsável por suas escolhas – iStock

Antes de fazer qualquer escolha, reúna todos os dados que
podem dar suporte a sua decisão. Vale pesquisar informações disponíveis, ouvir
a intuição, meditar, refletir a respeito e seguir o gosto pessoal.
                Você
é o único responsável por suas escolhas. Não atribua aos outros a
responsabilidade por suas ações ou decisões nem a culpa por seu insucesso. Vale
também antecipar de que forma irá lidar, tanto em termos emocionais quanto
materiais, com os resultados, os desdobramentos e as consequências de suas
opções.
                Avalie
até que ponto sua decisão vai influenciar, de forma positiva ou negativa, a
vida de outras pessoas – que podem fornecer informações que ajudem a nortear
suas ações, mas a forma de lidar com elas é uma escolha exclusivamente sua.
                Escute
o que diz sua intuição, ela é sua voz interior conectada com as emoções e
motivações. Acima de tudo, coloque fé em sua decisão. Acredite que você é capaz
de seguir seu caminho, mesmo que resolva optar por mudanças de rota ao longo do
percurso. 

Publicidade