Orar é meditar! Confira 5 sugestões para evoluir seu momento de prece

Para orar com mais concentração, escolher um local tranquilo e silencioso é primeiro passo; leia a lista completa na matéria abaixo

Maria Fernanda Favoretto Publicado sexta 12 novembro, 2021

Para orar com mais concentração, escolher um local tranquilo e silencioso é primeiro passo; leia a lista completa na matéria abaixo
Orar é meditar! Confira 5 sugestões para evoluir seu momento de prece - Pixabay

A oração, para além de um momento sagrado, pode, sim, ser comparada, ou mesmo considerada uma meditação, visto que dedicamos um tempo a nos concentrarmos naquilo que está sendo dito, nos concentrarmos em Deus ou qualquer outra entidade que você cultue e acredite, e nos concentrarmos em nós mesmos.

Nós da Bons Fluidos geralmente compartilhamos matérias com sugestões de orações para nossos leitores, como a Ladainha de Todos os Santos e a prece para dormir melhor do Padre Marcelo Rossi, além de rezas específicas para os santos em suas datas comemorativas. Recentemente, celebramos o Dia de São Judas Tadeu, padroeiro das causas impossíveis, e lhes apresentamos uma oração para enfrentar situações urgentes.

Para fortificar e evoluir seu momento de oração, confira abaixo algumas dicas simples e eleve sua prece:

1. ESCUTE O SOM DO SILÊNCIO

Se você mora na cidade grande, sabe que o silêncio é algo que praticamente não existe, seja na rua, principalmente, com os estabelecimentos abertos, veículos, buzinas, seja dentro de casa, com os familiares, televisão, notificações de aplicativos, etc. Por isso, o ideal é que, no momento da oração, você feche as janelas e as portas e se desprenda de tudo aquilo que possa causar perturbação. Como dissemos, escute o som do silêncio durante o momento da prece.

2. SE DESPRENDA DA TECNOLOGIA

Seguindo a orientação anterior, reforçamos para deixar os eletrônicos de lado no momento de orar. Nós, seres humanos, temos uma tendência de achar que tudo o que acontece ao nosso redor é urgente, que precisamos estar atualizados a todo momento. E não necessariamente sobre as notícias do mundo, mas sobre nossos amigos e familiares.

Por isso, desligue a internet do seu aparelho. Se algo for realmente importante, a pessoa te ligará. E nada de interromper a oração para checar as mensagens e redes sociais.

3. ESCOLHA UM LOCAL AGRADÁVEL

Você pode orar no seu quarto, na sala, onde quiser, contanto que consiga, como dito, ficar em silêncio e ter um momento reservado. O local vai além do ambiente em si. Pode ser apenas um canto. E um canto seu, com sua cara, particular.

Nunca irei me esquecer do quartinho de um metro quadrado que minha avó mineira tinha em casa com seu oratório. Hoje, os espaços são reduzidos. Mesmo assim, no canto de minha escrivaninha, por exemplo, montei um mini santuário. Coloquei imagens de santos, pedras que gosto, como quartzo rosa e pirita, meus terços, velas e um oratório pequeno. Fiz dele meu espaço sagrado.

Vale lembrar que é de extrema importância manter seu santuário, por menor que ele seja, sempre organizado e limpo! Nada de desleixo.

4. RESERVE UM HORÁRIO DO DIA

Minha indicação é que você escolha um momento ao acordar ou antes de dormir -- ou um horário que você fique sozinho em casa, por exemplo. Não precisa ser necessariamente no mesmo horário todos os dias, mas no mesmo 'período'. Você sabe que alguma hora da manhã vai fechar os olhos, acender uma vela e rezar, por exemplo. Torne a oração um compromisso agradável. Como dissemos, é uma meditação. Então para além da reza, você estará entrando em contato com seu eu superior.

5. PARA ALÉM DOS PEDIDOS, AGRADEÇA

As orações são geralmente associadas a pedidos, como a reza que citamos de São Judas Tadeu, em que carecemos por soluções para as causas impossíveis. Mas o momento de oração também serve para que você reflita pelos seus dias, reconheça seus erros e acertos e agradeça pela vida.

Último acesso: 30 Nov 2021 - 11:23:47 (1046059).