inspiracao   / Tecnologia

Empresa cria golfinho-robô para substituir animais explorados em parques temáticos

Uma companhia norte-americana criou um golfinho-robô muito realista que pode dar fim a exploração destes animais em parques temáticos

Bons Fluidos Publicado quinta 15 outubro, 2020

Uma companhia norte-americana criou um golfinho-robô muito realista que pode dar fim a exploração destes animais em parques temáticos
Empresa criou golfinho-robô hiper-realista - Pexels

Imagine passar os anos da sua vida nadando em círculos em um parque temático? Essa é a realidade de muitos golfinhos, baleias e outros animais marinhos, que passam anos dentro de piscinas pequenas entretendo multidões. 

A Edge Innovations, uma empresa de engenharia e efeitos especiais situada na Califórnia, nos Estados Unidos,  pensou em uma maneira de acabar com a exploração destes animais e projetou um golfinho-robô para substituí-los. 

+ VEJA TAMBÉM: Foto de tigresa abraçando árvore vence concurso fotográfico de vida selvagem; veja os finalistas

Ela espera que os animatrônicos realistas usados ​​nos filmes de Hollywood possam um dia entreter multidões em parques temáticos, em vez de animais selvagens mantidos em cativeiro.

"Atualmente há 3 mil golfinhos mantidos em cativeiro e sendo usados para gerar bilhões de dólares. Por isso, há obviamente um interesse e amor do público sobre os golfinhos [...] Queremos aproveitar este interesse", disse o fundador da Edge Innovations, Walt Conti, à agência Reuters. 

O animal robô custa entre US $ 3 milhões e US $ 5 milhões e parece real, segundo uma mulher que nadou com um robô. Assim como os animais reais, os golfinhos-robôs nadam rapidamente, dão pulos e fazem acrobacias. Veja: 


 

Último acesso: 25 Oct 2020 - 21:31:38 (1043620).