comportamento   / Autoconhecimento

Coração partido? Veja como a meditação pode te ajudar a superar o término de um relacionamento

"Não se pode mudar o outro e, sim, mudar a si mesmo. A mudança começa primeiro em você", explica a profissional Marina Repetto

Bons Fluidos Publicado segunda 9 agosto, 2021

Coração partido? Veja como a meditação pode te ajudar a superar o término de um relacionamento - Freepik

Términos, muitas vezes, não são fáceis. Coração quebrado, tristezas, desilusões, sentimentos de angústias e saudades. Após o fim de um relacionamento, um turbilhão de emoções podem invadir o nosso coração e fazer com que nos sintamos incapazes de enfrentar os obstáculos e superar o fim.

A meditação pode ser uma forma de deixarmos o sofrimento do término de lado e aprender a se conhecer e cuidar melhor do corpo e da mente. Para Marina Repetto, especialista em meditação Ho’oponopono, a própria vida se encarrega de trazer as pessoas e de levar quem não tem mais a mesma sintonia.

+++ ''A família é o melhor filtro para mediar'', diz psicóloga sobre adolescentes, saúde mental e internet

“É importante entender que não se pode mudar o outro e, sim, mudar a si mesmo. A mudança começa primeiro em você. Cada relação que se constrói ajuda na própria evolução, pois elas sempre trazem um forte aprendizado e amadurecimento”, aponta a influenciadora.

Marina ainda explica que as pessoas são feitas de transformações e mudanças e que às vezes o outro não acompanha esse processo. Em consequência, acontecem separações. “Entender que isso é normal auxilia muito para seguir e encontrar pessoas que as energias sejam parecidas e que te ajudem a melhorar”, diz.

A especialista explica que a importância do amor-próprio é essencial durante o fim de um ciclo, e que esse pode ser desenvolvido com o auxílio da meditação: “É fundamental amar-se primeiro e se sentir bem com sua própria companhia e entender que você é inteiro para avançar para um próximo relacionamento. Na maioria das vezes, queremos que o outro nos preencha e nos complete em algo que falta em nós. Mas deve-se se preencher primeiro e compartilhar o sentimento que transborda para a relação”, explica Repetto.

+++ Prepare-se para as Luas de agosto! Astróloga explica as energias das quatro lunações deste mês

“A meditação ajuda em diversos quesitos para todo o corpo e auxilia muito quando ele está uma confusão por dentro e não sabemos nosso lugar. Todas as coisas encontram seu devido lugar quando você encontra o seu”, acrescenta a especialista.

“A técnica de meditação Ho’oponopono beneficia a limpeza de traumas e ajuda a trazer novos significados a ela. Na maioria das vezes, o fim de uma relação pode trazer sofrimento e a meditação pode ser uma forma de aliviar a dor. Ela ajudará a compreender melhor sobre seu futuro caminho e sobre si mesmo.”, finaliza Marina.


Marina é nutricionista de formação, mas após uma forte e profunda experiência de cura e autoconhecimento descobriu que sua verdadeira vocação era nutrir almas com inspiração e espiritualidade. Para os seus mais de 1,5 milhões de seguidores, a ‘nutricionista de alma’, como também gosta de ser conhecida, auxilia a inspirar pessoas na busca de descobrirem a si mesmo criando uma nova percepção da realidade.

Especialista na prática do Ho’oponopono e em meditação, Marina teve a oportunidade de expandir seus conhecimentos certificando-se em instituições como IZI LLC (Austrália) e ThetaHealing Institute of Knowledge (EUA).

Último acesso: 30 Nov 2021 - 13:00:19 (1045518).