''Quero ter essa liberdade humana de ser eu''; 5 frases de filósofa Djamila Ribeiro que farão você pensar sobre feminismo negro

A pesquisadora ainda é autora de livros como "Pequeno Manual Antirracista" e "Quem Tem Medo do Feminismo Negro?"

REDAÇÃO BONS FLUIDOS Publicado sexta 5 fevereiro, 2021

A pesquisadora ainda é autora de livros como
''Quero ter essa liberdade humana de ser eu''; 5 frases da filósofa Djamila Ribeiro que irão te fazer pensar - Instagram / djamilaribeiro1

Autora de livros como "Pequeno Manual Antirracista", "Lugar de Fala" e "Quem Tem Medo do Feminismo Negro?", a filósofa, escritora e acadêmica brasileira Djamila Ribeiro se tornou uma das grandes potências quando o assunto é igualdade de gênero e luta racial.

+ VEJA: Jovem que teve 80% do corpo queimado é a 1ª pessoa a receber transplante de face e mãos no mundo

+ VEJA: Idosos conectados: veja 5 aplicativos que devem fazer parte da rotina da terceira idade

Pensando nisso, resolvemos trazer para vocês cinco frases famosas da autora que irão te fazer pensar sobre essas questões. E se você ainda não conhece o trabalho de Djamila, vale a pena ir além e dar uma conferida em entrevistas em Lives especiais que a própria filósofa ofereceu em seu perfil oficial no Instagram. Para acessar, clique aqui.

Confira abaixo 5 frases emblemáticas de Djamila Ribeiro que irão fazer você refletir:

"O feminismo deve contemplar todas as mulheres, é necessário perceber que não dá pra lutar contra uma opressão e alimentar outra." - Djamila Ribeiro

"A representatividade é importante, porque não basta ser mulher e mulher negra, mas tem que estar comprometida com as questões, e eu estou. Comprometida com as pautas feministas, com a questão racial, com a agenda dos direitos humanos no Brasil." - Djamila Ribeiro

"Se eu luto contra o machismo, mas ignoro o racismo, eu estou alimentando a mesma estrutura." - Djamila Ribeiro

"O não ouvir é a tendência a permanecer num lugar cômodo e confortável daquele que se intitula poder falar sobre os Outros, enquanto esses Outros permanecem silenciados." - Djamila Ribeiro

"Se o racismo diz que eu não sei, eu vou dizer que sei ainda mais. Pra mim é muito importante desmistificar isso. Eu quero ser eu, não quero ser idealizada nem inferiorizada. Assim como todas as pessoas, quero dizer que há dias em que sei, e dias em que não sei. Às vezes eu choro e às vezes eu rio, às vezes eu quero e às vezes eu não quero. Quero ter essa liberdade humana de ser eu." - Djamila Ribeiro

Último acesso: 05 Dec 2021 - 13:29:24 (1044326).