bem-estar   / Cuidados com a pele

Bebe demais? Veja como o consumo excessivo álcool pode afetar a sua pele

De uma maneira geral, as bebidas afetam diretamente as reservas de água no corpo humano, causando a desidratação

Viva Saúde Publicado terça 20 abril, 2021

De uma maneira geral, as bebidas afetam diretamente as reservas de água no corpo humano, causando a desidratação
Bebe demais? Veja como o consumo excessivo álcool pode afetar a sua pele - Freepik / wavebreakmedia_micro

As bebidas alcoólicas são, por mais gostosas e agradáveis em um momento de lazer, responsáveis por problemas de saúde como inflamação no fígado, dores de cabeça, azia, refluxo, entre outros.

Porém, a pele não deixa de ser um dos órgãos afetados pelo consumo do álcool. De uma maneira geral, as bebidas, fermentadas e destiladas, afetam diretamente as reservas de água no corpo humano, causando a desidratação, uma vez que o álcool é metabolizado e eliminado por ela.

Baseados em matéria compartilhada pelo portal Viva Bem, do UOL, confira a seguir uma lista das possíveis problemas de pele causados ou intensificados pelo álcool:

  • Vermelhidão e rosácea

A vermelhidão na pele ocorre em decorrência da ação vasodilatadora do álcool. As extremidades do corpo, como mãos, pés e bochechas são algumas das partes mais atingidas. Consequentemente, o álcool ainda pode ser um problema maior na vida de pessoas com rosácea ou ainda um gatilho para indivíduos com predisposição à doença.

Quer conferir o restante da lista? Clique aqui e leia a matéria completa no site da revista Viva Saúde, parceira da Bons Fluidos.

Último acesso: 22 Jan 2022 - 20:47:06 (1044798).