comportamento   / Coronavírus

Anvisa aprova uso emergencial de coquetel de anticorpos contra a COVID-19

A combinação de dois medicamentos será disponibilizada apenas nos hospitais e não será vendida em farmácias

Viva Saúde Publicado terça 20 abril, 2021

A combinação de dois medicamentos será disponibilizada apenas nos hospitais e não será vendida em farmácias
Anvisa autorizou o uso da combinação dos medicamentos casirivimabe e imdevimabe (Regn-CoV2) - Pexels

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou nesta terça-feira, 20, o uso emergencial de um coquetel de anticorpos para tratar a infecção da covid-19. O medicamento é o segundo aprovado pela agência, que recentemente liberou o uso do Remdesevir.

O novo medicamento aprovado foi desenvolvido pela farmacêutica norte-americana Regeneron Pharmaceuticals em parceria com a suíça Roche e foi batizado pelo nome de REGEN-COV. O coquetel é composto pela combinação de anticorpos monoclonais, o casirivimabe e o imdevimabe, que bloqueiam a entrada do vírus na célula. 

+ VEJA TAMBÉM: Coquetel anti-covid apresenta resultados positivos e reduz em 81% as chances de contrair a doença

O REGEN-COV não é indicado para uso em pacientes graves e poderá ser utilizado em pessoas acima dos 12 anos com mais de 40 kg diagnosticadas com a covid-19. Vale ressaltar que ele não atua como uma prevenção contra a infecção provocada pelo novo coronavírus e por isso, não substitui as vacinas. A administração do medicamento é feita de forma intravenosa em pacientes na fase inicial da doença. 

Clique aqui para ler a matéria completa no site da Revista Viva Saúde, parceira da Bons Fluidos.

Último acesso: 22 Jan 2022 - 21:07:48 (1044796).