Publicidade

Bruxismo vs Saúde mental: estão relacionados? Cirurgião dentista responde

”O paciente com bruxismo é, de maneira geral, muito estressado”, explica o cirurgião dentista Reginaldo Júnior

Como o bruxismo se relaciona com seu estado mental e a tensão de final de ano? Cirurgião dentista responde – Freepik / katemangostar

Você sabia que cerca de 30% das pessoas sofre com bruxismo, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS)? No Brasil, o problema atinge 40% da população. Ainda que não seja um transtorno perigoso, pode causar lesões dentárias permanentes se não for tratado.

Publicidade

Segundo Reginaldo Júnior, cirurgião dentista (CRO: 45356 RJ), na Clínica RAJ Odontologia, bruxismo e saúde Mental estão totalmente interligadas. Em seu consultório 60% dos pacientes estão desenvolvendo bruxismo ou já possuem o bruxismo crônico, além de ter notado um aumento durante o período de final de ano como estamos passando.

Bruxismo vs Saúde Mental

“Bruxismo é reconhecido como uma doença multifatorial. O fator psicológico está altamente ligado à doença. O paciente com bruxismo é, de maneira geral, muito estressado, muito agitado, ansioso, muito preocupado. O bruxismo se caracteriza pelo ranger dos dentes, de tanto ranger um dente no outro, o paciente destrói todo o esmalte do dente, podendo levar a perda do elemento”, orienta o dentista.

Nem sempre existem sintomas. Por isso, muitas pessoas sofrem com o problema, mas não identificam a doença. Aline Zattar, modelo e influencer, chegou a quebrar um dente antes de receber o diagnóstico e conseguir tratar a doença.

“Muitas vezes eu acordo com muitas dores. Às vezes reflete a dor pro trapézio e para o braço, na parte da ATM. Eu até já quebrei dente! Eu estou tratando com aparelho, botox e todos os recursos que disponho. É complicado, porque é um problema é muito subjetivo para tratar. É algo silencioso, que a gente não controla quando dorme, mas que reflete muito no nosso dia a dia”, lamenta a influenciadora.

Publicidade

O estudante Lucas Souza, de 20 anos, um dos pacientes do quadro conta como sentiu esse aumento do “ranger dos dentes” durante o período de provas e junto à chegada no final de ano. Explica o Dr. Reginaldo Junior sobre o bruxismo e a saúde mental: “O paciente que desenvolve o bruxismo, que representam 60%, dos pacientes que vão à clínica, são pacientes que estão desenvolvendo bruxismo ou que já possuem o bruxismo crônico e ela é totalmente relacionada a saúde mental.”,conclui o Cirurgião dentista.