Google homenageia primeira botânica que, disfarçada de homem, viajou pelo mundo em 1766

Na época, as leis francesas não permitiam que mulheres estivessem à bordo

Redação Bons Fluidos Publicado segunda 27 julho, 2020

Na época, as leis francesas não permitiam que mulheres estivessem à bordo
O Google homenageou com um Doodle o aniversário da botânica e exploradora Jeanne Baret - Reprodução/Google

A página principal do Google ganhou uma nova cara nesta segunda-feira, 27!

Com um Doodle [nome dado às homenagens feitas pelo buscador], a empresa homenageou a botânica e exploradora Jeanne Baret, nascida no dia 27 de julho de 1740, na cidade de Autun, na região da Borgonha, na França.

Se esse nome, até hoje, não fazia diferença para você. A partir de hoje, fará.

Jeanne foi a primeira mulher a fazer parte de uma expedição ao redor do mundo, em 1766, e na viagem coletou mais de 6 mil espécies de plantas. O curioso é que, na época, as leis francesas não permitiam a presença de mulheres nas viagens marítimas, portanto, Baret se disfarçou de homem para acompanhar o famoso botânico Philibert Commerson, de quem era assistente.

O navio partiu em 1765.

E quer saber mais? Foi Jeanne que batizou as flores que conhecemos pelo nome de “Bougainvilles” [ou também Primavera Bougainvilles]. O nome teria sido dado durante a passagem da botânica pelo Brasil.

Árvore Primavera
Pixabay

O Doodle está sendo exibido no Brasil, França, Canadá, vários países da América do Sul, Europa, África e Ásia, além da Austrália e Nova Zelândia.

Último acesso: 29 Sep 2020 - 23:19:38 (1043146).