comportamento   / Alimentação

Ossos, pele e gordura de animais? Saiba do que realmente são feitas as salsichas

Quem nunca ouviu falar que a salsicha tem procedência duvidosa?

Bons Fluidos Publicado quarta 10 fevereiro, 2021

Quem nunca ouviu falar que a salsicha tem procedência duvidosa?
Saiba como as salsichas realmente são feitas - Freepik

Você certamente já comeu ou vai comer salsicha em algum momento da sua vida. Seja em um delicioso cachorro-quente brasileiro ou mesmo naquele jantar preguiçoso feito com o que tinha na geladeira. 

A salsicha é um embutido prático e acessível; basta apenas 3 minutos na água fervente e ela está pronta para ser consumida. Embora este alimento seja bastante consumido, sua fama não é muito boa há muitos mitos em torno de sua procedência. 

Como já dizia o chanceler alemão Otto Von Bismarck (1815-1898), "Leis são como salsichas; é melhor não saber como são feitas". A verdade é que tudo depende quando falamos sobre a forma como as salsichas são preparadas, no entanto, uma coisa é verdade, as indústrias que a produzem precisam seguir um padrão rigoroso de higiene.

+ VEJA TAMBÉM: Estudo indica que consumo de ômega 3 na infância pode prevenir asma; entenda

Do que são feitas as salsichas?

As salsichas são feitas a partir de carnes suínas, bovinas e de frango, no entanto, a parte utilizada neste embutido são as que geralmente são rejeitadas no processo de produção de outros alimentos, isso é, as partes menos nobres.

Algumas indústrias utilizam a carcaça destes animais, o que inclui cartilagens, gorduras e ossos que não conseguem se aproveitados sozinhos. É feita uma emulsão à partir destas sobras e misturadas com sal, temperos e alguns aditivos químicos para manter a salsicha conservada e com seu gostinho característico.

Essa emulsão de carnes e sobras é colocada dentro de uma espécie de plástico comestível parecida com tripas artificiais.

Vale lembrar que há tipos diferentes de salsichas que utilizam partes mais nobres de animais, no entanto, estes produtos gourmetizados costumam custar muito mais caro do que as salsichas convencionais. 

+ VEJA TAMBÉM: Estudo mostra que tomar whey protein antes da refeição pode ajudar no controle da diabetes!

Por que a salsicha é contraindicada?

O problema ao consumir salsichas é o risco que os aditivos químicos presentes em sua composição podem oferecer à saúde. 

Uma pesquisa divulgada em 2013 e feita pelo Instituto de Medicina Preventiva e Social da Universidade de Zurique na Suíça, concluiu que uma salsicha por dia é o suficiente para aumentar em 18% as chances de risco de morte por câncer e doenças cardiovasculares. As gorduras, sódio e químicos colaboram para o surgimento destas doenças. 

 

Último acesso: 17 Oct 2021 - 08:28:54 (1044346).