Publicidade

No Dia Mundial do Gato, espiritualista revela os poderes energéticos deste bichinho de estimação

A espiritualista Maura de Albanesi comentou no Dia Mundial do Gato, 17 de fevereiro, o poder que estes animais têm numa visão esotérica

No Dia Mundial do Gato, espiritualista revela os poderes energéticos deste bichinho de estimação – Foto de Kelvin Valerio no Pexels

No Dia Mundial do Gato, celebrado em 17 de fevereiro, se você não era apaixonado por felinos, vai, pelo menos, começar a olhar com outros olhos para esse bichinho tão sensitivo e protetor, que enxerga em outras dimensões.

Publicidade

“Além de serem grandes companheiros, os animais de estimação ajudam a energizar o seu lar por conta da alegria e do amor que eles exalam. Assim como os seres humanos, eles também vibram energia e, por serem puros, geram uma vibração de harmonização na casa”, afirma a espiritualista Maura de Albanesi para a Bons Fluidos.

+++ Para a espiritualidade, o que significa encontrar cartas na rua? Astrólogo explica

Como se dá a ligação energética dos animais com os seus tutores? Maura de Albanesi explica: “Conforme o animal cresce, ele cria uma identificação com seu dono. Podem existir várias pessoas na casa, mas ele irá escolher somente uma para ser o dono. Por essa razão que os animais tendem a ter um comportamento semelhante ao de seu dono. Você passa uma informação energética para o seu animal e vice-versa”.

Dia Mundial do Gato: conheça as energias emanada por esses animais

Assim como nós, Maura de Albanesi observa que os animais são corpos de energia, por isso, sofrem interferências vibracionais. “Os animais trocam vibrações com os ambientes e com as pessoas através dos seus vértices de energia, os chamados chacras”, diz.

Publicidade

+++ Terapeuta lista 5 maneiras de usar afirmações positivas para mudar a sua vida; confira

Segundo a espiritualista, há uma profunda ligação energética entre os animais e os donos. “Por isso, muitas vezes o animal se torna um guardião do dono, criando uma espécie de manutenção energética. Quando essa carga é muito pesada, o animal pode chegar até a ficar doente”, lembra.

Maura de Albanesi também diz que, os gatos, por serem animais em constante movimento e gostarem muito de brincar e realizar atividades, movimentam também a energia da casa, tornando-a mais positiva e alegre. “Eles elevam o Chi (força vital) do lar e, consequentemente, dos donos. Além disso, eles vibram muito amor e carinho, gerando uma corrente muito positiva de energias no seu lar”, comenta.

Publicidade

+++ O que significa usar a mesma cor de roupa que outra pessoa? Entenda a energia por trás deste acontecimento

Portanto, atenção aos sinais dos gatos. “Quanto mais equilibrada e harmônica for a energia da sua casa, mais saudável e feliz será o seu gato. Por isso, além de fazer constantes check-ups no veterinário, é importante cuidar da energia do seu gato e, claro, da sua casa”, orienta Maura de Albanesi.

Em retribuição, uma dica de ouro da espiritualista: “Faça no seu gato o Reiki Veterinário. O reiki é uma técnica aplicada através das mãos para o realinhamento dos canais energéticos a fim de restabelecer a saúde física e emocional”.

Publicidade

4 poderes energéticos do gato

1. Por serem extremamente sensíveis às energias, os gatos sentem tudo que acontece no ambiente em que estão. “Eles são como verdadeiras esponjas, absorvendo vibrações negativas como raiva, inveja e estresse”, lembra Maura de Albanesi.

2. Os gatos se sentem responsáveis pela energia e proteção do lar onde moram. São os guardiões da casa. “É normal, por exemplo, que o gato permaneça no ambiente da casa que está com bloqueios energéticos ou uma baixa vibração para transformar essa energia e limpar o local energeticamente”, explica a espiritualista.

+++ Espiritualista ensina como fazer o correio angelical

Publicidade

3. Além de cuidar da casa, os felinos também tratam a energia dos seus donos. “Quando eles sentem que a energia do dono precisa de cuidados, geralmente eles deitam sobre o seu colo ou sobre a parte do corpo que sentem uma tensão energética, filtrando toda energia negativa concentrada ali”, comenta.

4. Uma pesquisa publicada pela Scientific American prova que o ronronar dos gatos, aquele som que eles emitem quando recebem carinho, não é pelo prazer, mas por uma questão de autorreparação. “O ronronar emite uma vibração de 20 a 140 Hz e é uma forma que requer pouca energia de manter os ossos e tecidos em boas condição”, afirma. Sensacional, não?