inspiracao   / Chapecoense

5 anos após o acidente do avião da Chapecoense, Jakson Follmann fala sobre sua fé: ''Através do tempo, a vida continua''

O ex-goleiro foi um dos 6 sobreviventes da queda do avião do time que partia para a Colômbia, há exatos 5 anos

Bons Fluidos Publicado segunda 29 novembro, 2021

O ex-goleiro foi um dos 6 sobreviventes da queda do avião do time que partia para a Colômbia, há exatos 5 anos
5 anos após o acidente do avião da Chapecoense, Jakson Follmann fala sobre sua fé: ''Através do tempo, a vida continua'' - Reprodução / Instagram / @jaksonfollmann

Nessa segunda-feira, o acidente que chocou não só o Brasil, mas o mundo, completa 5 anos. Em 29 de novembro de 2016, a morte de 71 pessoas na queda da aeronave que levava o time da Chapecoense para disputar um jogo, na Colômbia, comoveu a todos.

Jakson Follmann, que na época era um dos goleiros da equipe, foi um dos 6 sobreviventes da tragédia. O ex-jogador teve que amputar parte da perna direita e, com isso, não pôde mais jogar futebol. Agora, trabalha como cantor, palestrante e tenta passar os ensinamentos que tirou daquele dia. 

+++ Qual vai ser o Planeta regente em 2022? Astróloga explica

Hoje, na sua conta do Instagram, ele fez uma postagem emocionante, relembrando dos amigos que perdeu e do sentimento que tem acerca daquele dia. "Renasci no misto de dor, tristeza, sofrimento, gratidão. Cinco anos se passaram, a ferida de fato não cicatrizou, as marcas físicas contornam meu corpo e as emocionais às vezes apagam o sorriso em meu rosto. Porém, sigo firme e forte em busca do meu propósito."

Acidente da Chapecoense completa 5 anos; ex-goleiro sobrevivente faz postagem emocionante

Follmann postou um vídeo, cantando uma música que fala sobre sua fé e sobre como acreditar em Deus e em um propósito maior é o que o incentiva. Segundo ele, a sensação de se sentir útil sendo palestrante e motivando as pessoas é o que o inspira, todos os dias. O ex-goleiro relembrou também toda a saudade que sente: de jogar bola, das pessoas que se foram e da rotina que tinha como atleta de futebol. Porém, deixa claro que o tempo é o maior remédio. 

+++ Papai Noel dos Correios: como ajudar?

"Saudade de um tempo que não volta mais. Por falar em tempo, só ele acalenta feridas, mostra verdades, nos coloca em nosso lugar de propósito. Através do tempo, a vida continua, com o coração vibrando Gratidão, sustentado por Deus e aguardando por justiça", finaliza.

Confira a postagem completa:

Último acesso: 23 Jan 2022 - 09:15:00 (1046192).