Após 20 anos de extinção, filhotes de ararinhas-azuis nascem no Brasil

Espécie de ave foi declarada extinta há 20 anos no país

Bons Fluidos Publicado segunda 19 julho, 2021

Espécie de ave foi declarada extinta há 20 anos no país
Filhotes de uma ave considerada extinta no Brasil nasceram - Reprodução/ Wikimediacommons/ foto: Daderot

Vinte anos após as ararinhas-azuis serem declaradas extintas no Brasil, três filhotes da espécie nasceram no país, gerando esperanças do retorno da ave para a fauna brasileira. 

Os três filhotes nasceram na caatinga da Bahia nos últimos meses e são frutos de um casal de ararinhas-azuis repatriados da Alemanha. Outras 52 aves da mesma espécie foram trazidas de volta ao Brasil. 

+++ Conheça Rani! Menor vaca do mundo chama a atenção em Bangladesh

O nascimento destes animais só foi possível devido ao trabalho de cientistas brasileiros e estrangeiros que tentam a reintrodução da espécie no país por meio de um programa de reprodução. 

Extinção

As ararinhas-azuis foram consideradas extintas no Brasil em 2000 e, desde 20 anos, apenas 160 vivem no país em cativeiro. De acordo com o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), há apenas 240 destes animais no mundo e todos eles vivem em cativeiro. 

O nascimento destes filhotes é de grande importância para os cientistas que trabalham no projeto que tenta reintroduzir essas ararinhas na natureza brasileira.

+++ Parece, mas não é ficção! Portal liga um país a outro na Europa

"Mas este é o primeiro nascimento na sua área de ocorrência histórica, [na Bahia]. Os animais em cativeiro estão na Alemanha, Bélgica e Singapura. No Brasil, existem dois criadouros: um em Minas Gerais e outro na área de distribuição original, que é o norte da Bahia", disse a analista ambiental Camile Lugarini À CNN Brasil. 

Último acesso: 26 Oct 2021 - 21:46:49 (1045362).