Publicidade
Brasileiro de 5 anos se torna pessoa mais nova a descobrir asteroide no mundo – Reprodução / MCTI (Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações)

A pessoa mais jovem a identificar um asteroide, no mundo, é um brasileiro! Miro Latansio Tsai é um pequeno paulista de 5 anos que, recentemente, descobriu 15 novos corpos celestes confirmados pela Nasa (Agência Espacial Americana). O garoto já foi, inclusive, homenageado pela Agência.

Publicidade

Brasileiro de 5 anos se torna pessoa mais nova a descobrir asteroide no mundo

Em entrevista realizada para o jornal O Tempo, a família do garoto disse que ele sempre foi interessado por assuntos relacionados à ciência. Carla Latansio, mãe de Miro, disse que a paixão é desde o berço. “Com dois anos ele sabia o nome de todos os planetas do sistema solar. Na primeira visita que fizemos ao Museu Catavento, em São Paulo, na entrada tinham todos os planetas na parede e ele foi passando e apontando os dedinhos e falando os nomes de todos”, conta a mãe, orgulhosa.

+++ Teste genético revela tipo de alimentação ideal para vida mais saudável; confira benefícios

Recentemente, os pais contaram que viram um anúncio de um projeto de caçar asteroides chamada Iasc (Colaboração Internacional de Pesquisa Astronômica), uma iniciativa feita pela Nasa que conta com a participação com outras instituições no mundo.

No Brasil, o MCTI (Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação) divulga e seleciona crianças para participar do projeto. Os pais inscreveram o pequeno na campanha e, em pouco tempo, Miro já conseguia manusear o programa do computador responsável por procurar esses asteroides.

Publicidade

+++ Receita de xarope caseiro que ajuda a fortalecer a imunidade; confira como fazer!

Foi por meio desse projeto que o garoto conseguiu realizar o feito, no final de 2021. Depois de receber a homenagem da Nasa, Miro e a mãe resolveram criar o Clubinho do Miro, projeto que o pequeno ajuda outras crianças a entenderem melhor sobre a astronomia. “Eu abri o meu clube de astronomia porque os meus amigos gostaram tanto de ver minha medalha, então eu abri um clubinho para ensinar eles.”

Miro já tem os próximos planos: pretende continuar caçando asteroides pela Iasc, mas também quer participar de outras instituições no mundo. Mas, o interesse maior por todo o assunto da astronomia? O pequeno acredita que consegue ajudar o planeta por meio da ciência. Para entender o risco de um asteroide se chocar contra a terra, é necessário compreender sua órbita. É isso o que Miro propõe e quer descobrir sempre. 

Publicidade

+++ Motorista de aplicativo usa cartaz para explicar que possui síndrome de Tourette e ganha apoio de passageiros