Publicidade

Meteoro que entrou na atmosfera da Terra é visto por moradores do Triângulo Mineiro

Câmeras conseguiram registrar o clarão no céu que se deu a partir do meteoro da atmosfera terrestre; entenda o fenômeno

Meteoro que entrou na atmosfera da Terra é visto por moradores do Triângulo Mineiro – Reprodução / YouTube / Canal ‘SpaceToday’

Moradores do Triângulo de Mineiro e Alto Paranaíba foram surpreendidos com um clarão no céu seguido de um estrondo decorrente da entrada de um meteoro que atingiu na atmosfera da Terra na noite desta última sexta-feira, 14.

Publicidade

Rede Brasileira de Observação de Meteoros (Bramon) divulgou a partir de cálculo que a rocha espacial atingiu a Terra em um ângulo de 38,6° em relação ao solo, chegando à velocidade máxima de 43,7 mil km/h. A título de exemplo, o astro percorreu 109,3 km em 9 segundos.

+++ Cientistas chineses confirmam a existência de água na forma líquida na superfície da Lua

Passando pelas cidades de Uberlândia, Patos de Minas, Nova Ponte, Santa Juliana, Pedrinópolis, o meteoro desapareceu numa altitude de 18,3 km entre as cidades mineiras de Perdizes e Araxá.

Especialistas falam sobre o “meteoro mineiro” que atingiu a atmosfera da Terra

Gilberto Dumont, coordenador do Observatório de Astronomia de Patos de Minas, declarou sobre o fenômeno para o portal de notícias G1: “Em Patos foi visto também, porém não ouviram o barulho, provavelmente pela distância. Alguns colegas que possuem estação de registro de meteoros também já postaram no grupo. Até uma estação em Bauru (SP) chegou a registrar, porém, bem próximo ao horizonte. Pelo brilho e pelo barulho, alguns colegas já trabalham com a hipótese que algum fragmento tenha chegado ao solo”.

Publicidade

+++ Cão herói! Rottweiler salva outros dois cachorros em enchente na cidade de Barretos, SP

O editor do blog de astronomia SpaceToday, Sérgio Sacani, compartilhou um vídeo em seu canal no YouTube explicando um pouco mais sobre o ocorrido. “O meteoroide seria um asteroide um pouco menor que acaba entrando pela atmosfera. Quando o meteoroide tem um brilho que supera o da lua cheia, os astrônomos começam a dar outro nome para isso, chamando-o de bólido. Na verdade, o que entrou no céu do triângulo mineiro foi um bólido”.

Para entender mais sobre o fenômeno que ocorreu nesta última sexta-feira, 14, assista à indicação de vídeo abaixo:

Publicidade