colunas   / Conhecimento

Homeopatia no tratamento antirrugas? Sim! A terapia reequilibra os minerais no organismo e atenua sinais do envelhecimento

Entenda porquê, cientificamente, os minerais fazem tanta diferença para o nosso organismo

JAMAR TEJADA Publicado quarta 7 outubro, 2020

Entenda porquê, cientificamente, os minerais fazem tanta diferença para o nosso organismo
Homeopatia no tratamento antirrugas e no combate ao envelhecimento precoce - Freepik

Infelizmente, nos dias de hoje quando se fala em homeopatia, a grande maioria desconhece os detalhes, ou conhece, apenas, como as bolinhas de açúcar que funcionam para intensificar as idas ao banheiro.

Mas homeopatia é uma ciência que vai bem além do tratamentos de doenças!

E se eu lhe disser que a homeopatia pode te ajudar até no tratamento antirrugas? Pois é! E não para por aí. A homeopatia pode reequilibrar os efeitos do temível e inevitável envelhecimento causado em nosso organismo.

+++ VEJA TAMBÉM: Pessoas negativas e o impacto na sua saúde mental, espiritual e física

E como isso pode ser feito?

Há quem pense que homeopatia só funcione à base de muita fé! Acredite, você não vai precisar orar para que sua pele melhore. Através da homeopatia, você pode reestabelecer o equilíbrio dos sais minerais perdidos, principalmente, por conta de uma dieta inadequada, além de intoxicação, entre tantos outros fatores.

Os minerais são fundamentais para o bom funcionamento celular, mesmo para a absorção de vitaminas, pois se houver desiquilíbrio mineral no meio intracelular, a absorção dessas será mais difícil, resultando em vários efeitos negativos, como, por exemplo, numa pele ressecada, ou muito oleosa, ou mesmo na queda de cabelos.

Você deve estar se perguntando: "Porque tomar homeopatia se posso tomar os próprios sais minerais na forma de cápsulas? Não teria efeito mais rápido?"

Para entender melhor a diferença no processo de absorção, o médico homeopata Schoenfeld usa o exemplo de pessoas anêmicas e sua ingestão diária de ferro. Para elas, assimilar comprimidos de ferro exige um grande esforço para o corpo. A maneira correta e mais fácil de obter o nutriente seria retirando o ferro diretamente dos alimentos, porém isso só seria possível se o organismo tivesse acesso a alimentos orgânicos, plantados em solos ricos em nutrientes, além de uma microbiota (flora intestinal) sadia que ajudasse na absorção desses nutrientes.

+++ VEJA TAMBÉM: Probióticos podem combater do mau hálito ao câncer

“Se o nível de ferro nas células é esgotado, o corpo terá dificuldade ou não será capaz de absorver o ferro ingerido como suplemento. Porém, uma vez  que o corpo tenha os sais bioquímicos em quantidade suficiente, ele será capaz de absorver o ferro, vitaminas ou mesmo os nutrientes dos alimentos. Os sais minerais irão habilitar o corpo para absorver aquilo de que necessita”, diz Schoenfeld

Daí que entra a homeopatia e os famosos Sais de Schussler. Preparados à base de sais inorgânicos, mesmo que não sejam classificados como remédios homeopático --  já que não agem de acordo com o princípio básico da homeopatia que é a “Cura pelo Semelhante” -- são igualmente dinamizados. Ou seja: são preparados da mesma forma, dinamizados com doses mínimas da matéria prima, interagindo diretamente com as células, levando até elas o mineral de que necessitam de maneira mais orgânica.

DESCOBERTAS QUE FAZEM A DIFERENÇA

O pai da Homeopatia Dr. Samuel Hahnemann, descobriu experimentalmente junto com outros homeopatas, a utilidade dos sais inorgânicos para a recuperação da saúde mas não levaram à frente esse trabalho. Foi quando, posteriormente, outro homeopata alemão Dr. Wilhelm Heinrich Schussler (1821-1898) formalizou o estudo desses 12 sais que hoje levam seu nome.

O Dr. Schussler se baseava na Lei do Mínimo, onde acreditava que a perda de saúde se dava através do desequilíbrio também mineral. Essas insuficiências foram analisadas por ele através da observação das cinzas de grande quantidade de corpos de pessoas que haviam sido cremadas, onde constatou que em todos os seres humanos sempre havia deficiência ou ausência de pelo menos dois sais bioquímicos. Nos seus estudos ele anotava a data de nascimento e as enfermidades que essas pessoas haviam padecido ao longo da vida.

Essa experimentação demonstrou que nesses pacientes havia, pelo menos, carência de um sal fundamental e de outro secundário, complementar, que ativa a doença. Como resultado, chegou à conclusão de que se os tecidos não recebessem do sangue a quantidade adequada de cada um dos 12 sais bioquímicos estudados, o movimento molecular nos tecidos seria alterado, desiquilibrando o funcionamento das células e seu metabolismo, o que causa as enfermidades, e que os tecidos se reestabeleceriam assim que recebessem os sais que precisam.

Dizia Dr. Schussler que se na cura de uma enfermidade se atrasa a cura espontânea, então, se administrados os sais minerais adequados, em forma molecular dinamizados, essas moléculas passam ao sangue através da mucosa bucal e desencadeiam no  foco da enfermidade! Um vivo movimento molecular, colocando em marcha o intercâmbio de substâncias entre as células saudáveis e enfermas, o que faz com que se produza a cura!

Os Sais de Shussler não têm contraindicações, e seus excessos são simplesmente eliminados pelo corpo. Dito isto, eles são geralmente adequados para todos, a todas as idades, sendo úteis também para animais, já que em todo ser vivo pode ocorrer esse desiquilíbrio mineral.

Embora grande maioria das pessoas que conhecem os Sais de Schussler o utilizem para tratamento da pele e cabelos, depois de lerem esse artigo e entenderem um pouco mais sobre a complexidade do incrível estudo realizado por esse sábio médico no século XVIII, ainda tão atual nos dias de hoje, sabem que o uso desses sais vai bem mais além! Procure um homeopata e reestabeleça seu equilíbrio!

Jamar Tejada


Todas as quartas-feiras teremos conteúdos exclusivos sobre métodos naturais para cuidarmos da saúde e do corpo... Daquele jeito que nós amamos!

ACESSEM OUTROS TEXTOS QUE JÁ FORAM AO AR:

+ Adeus, TPM! Saiba quais fitoterápicos combatem desordem hormonal, promovem mais energia e aumentam a libido
+ ''O grande problema é que queremos tratar a insônia e não a pessoa insone, e aí que está a diferença''

Instagram: @Tejard

Contato: (11) 3063-1333

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Jamar Tejada (@tejard) em

Último acesso: 02 Dec 2020 - 14:50:54 (1043570).