Eclipse solar ficará parcialmente visível no Brasil neste dia 14; saiba como acompanhar

Um eclipse solar poderá ser visto no sul do Brasil na próxima segunda-feira

Bons Fluidos Publicado quinta 10 dezembro, 2020

Um eclipse solar poderá ser visto no sul do Brasil na próxima segunda-feira
Fenômeno será visível no sul do Brasil - Pexels/ Drew Rae

Mais um fenômeno astronômico incrível poderá aparecer para os brasileiros na próxima segunda-feira, 14 de dezembro. Por quase 3 horas o sol desaparecerá por completo no céu e moradores da região sul do país terão vista privilegiada. 

De acordo com astrônomos, o eclipse iniciará 12h23min (horário de Brasília) e chegará ao seu ápice às  13h51min quando, aos poucos, começará a desaparecer até voltar a forma normal às 15h12min. 

+ VEJA TAMBÉM: Prepare-se: dezembro terá fenômeno astronômico que não acontece desde a Idade Média

"O próximo eclipse do Sol visível em Porto Alegre será em 14 de outubro de 2023, bem menos impressionante que o de agora, pois o obscurecimento máximo será de apenas 17.5%.", escreveu o astrônomo  Luiz Augusto L. da Silva para o portal da Rede Omega Centauri. 

Quem não estiver na região sul do Brasil, poderá acompanhar o eclipse em tempo real virtualmente através do perfil oficial do Professor André Lau da Costa. Vale ressaltar que, para quem pretende assistir o fenômeno a olho nú, deve observar apenas com óculos de sol e nunca direcionar os olhos para o sol com qualquer instrumento de aumento de visão. 

DEZEMBRO SERÁ UM MÊS COM FENÔMENOS INCRÍVEIS

Se o clima permitir, no dia 21 de dezembro, após o pôr do sol, Júpiter e Saturno parecerão planetas duplos aos nossos olhos. Isso acontecerá porque estes dois astros do Sistema Solar se alinharão e poderão ser vistos a olho nu de qualquer canto da Terra. 

+ VEJA TAMBÉM: NASA anuncia descoberta de água na Lua e gera esperanças sobre avanços na exploração do satélite

Segundo o astrônomo Patrick Hartigan, da Rice University, nos Estados Unidos, o fenômeno acontecerá entre os dias 16 e 25 de dezembro e será mais visível próximo à linha do Equador, no entanto, será possível observá-lo de qualquer canto do mundo com o auxílio de binóculos especialmente após o pôr do sol de 21 de dezembro. 

"Na noite de maior aproximação, em 21 de dezembro, eles [Júpiter e Saturno] se parecerão com um planeta duplo, separados por apenas um quinto do diâmetro da lua cheia", disse ele. 

Último acesso: 25 Feb 2021 - 12:46:51 (1043974).