inspiracao   / Contaminação

Coronavírus: Vai sair de casa? Confira quais cuidados devem ser tomados durante e após ida ao supermercado

Especialistas avaliam quais os melhores métodos de proteção ao sair e entrar em casa durante quarentena

REDAÇÃO BONS FLUIDOS Publicado terça 24 março, 2020

Especialistas avaliam quais os melhores métodos de proteção ao sair e entrar em casa durante quarentena
Veja quais são os cuidados básicos que devem ser tomados durante e após ida ao supermercado - PxHere

A pandemia do coronavírus está mobilizando o mundo todo. A recomendação é para que todos fiquemos em nossas casas cumprindo a quarentena voluntária. Esse recado deve ser levado ainda mais a sério por aqueles que fazem parte do chamado grupo de risco, sendo essas pessoas as que apresentam problemas cardiovasculares e pulmonares, fumantes, diabéticos, imunodeprimidos e principalmente os idosos. Só na Itália, por exemplo, pessoas com mais 70 anos concentraram 80% das mortes no país em decorrência do vírus, segundo o Nexo Jornal.

Porém, sabemos que existe a necessidade frequente de se fazer compras e abastecer a casa com produtos de supermercados e farmácias, por exemplo. Mas você sabe quais são os cuidados necessários que devemos ter ao sair e entrar em casa, e principalmente durante a passagem por alguns desses estabelecimentos?

A jornalista Gabriela Ingrid do Viva Bem, página do UOL, entrevistou diversos profissionais da área da saúde que responderam questões importantíssimas sobre como agir perante essas situações. Para a colunista, o médico epidemiologista André Ricardo Ribas Freitas explicou que diversos produtos que se encontram nas prateleiras podem vir de inúmeros lugares do país e passam pelas mãos de diversas pessoas, o que torna estes locais propícios para que haja contaminação.

E é importante sabermos: o coronavírus sobrevive mais tempo em materiais como plásticos e aços inoxidáveis, algo em torno de 3 dias. Em outras superfícies, como o papelão, pode chegar a durar um dia inteiro, e no ar, pode sobreviver até três horas.

Primeiramente, devemos escolher horários em que o mercado possa estar mais vazio. Isso evitará aglomerações. Uma vez no estabelecimento, fique atento e procure não colocar as mãos nos olhos, boca e nariz, regiões do corpo que apresentam mucosas e permitem a entrada do vírus. Quando encontrar alguém, procure manter distância de aproximadamente um metro de cada indivíduo. Na hora de pagar, prefira cartões ao invés de dinheiro.

Ao chegar em casa, é uma opção viável higienizar os itens comprados, uma vez dito que os produtos são trazidos de diversos locais e podem sim transportar o vírus. Para as hortaliças, deixe-as de molho em uma solução contendo água sanitária diluída em água corrente. O professor Oscar Bruña-Romero, do Departamento de Microbiologia, Imunologia e Parasitologia da UFSC, explica para Gabriela que o rótulo da água sanitária deve conter todas as informações referentes ao tempo de imersão dos alimentos na mistura. Caso contrário, busque outras marcas, pois muitas não devem ser usadas nesta função. As embalagens podem ser limpas com álcool 70%.

Sapatos e roupas devem ser tirados e lavados imediatamente após uso em locais públicos. Se possível, tome um banho.

É válido lembrar que atualmente já existem muitos aplicativos de compras online que podem ser baixados em aparelhos móveis. Para não perder os clientes, diversos mercados e farmácias então utilizando de serviços delivery para que você receba os produtos sem sair de casa.

Boas compras!

Último acesso: 28 Mar 2020 - 15:02:12 (1042443).