Publicidade
Carinho por escrito – Reprodução/ Facebook

“Leo, esse livro é de uma leveza que pesa em algum lugar vazio no meio da gente. Fala das transformações que nós, as circunstâncias e as pessoas nos fazem passar. E de como a vida tá aí pra gente viver experiências que fazem com que o coração bombeie cor ao nosso mundo. Boa sorte nessa nova jornada! Amo você, Lu, 02.fev.13.” Qual coração não se derrete ao ler uma dedicatória carinhosa como essa?

Publicidade
O blog Eu te Dedico está recheado delas graças ao garimpo da designer mineira Mariana Guglielmelli. “Dedicar é gravar uma intenção ou sentimento, e a proposta desse projeto é registrá-los”, explica a autora. Para contribuir, basta enviar uma foto da capa da obra e outra da página contendo os dizeres amorosos, além de uma breve contextualização sobre eles para o e-mail [email protected] com. Mesmo sem a intenção de abastecer o endereço, vale a pena saborear os registros ali arquivados. E se inspirar para uma próxima dedicatória. Enquanto sobreviverem, os livros impressos seguirão sendo veículos de bem-querer.
BLOG EU TE DEDICO