Publicidade

Carlos Solano e Sandra Siciliano lançam o livro ‘Nossas Árvores’

Saiba mais sobre o livro do arquiteto Carlos Solano e da paisagista Sandra Siciliano

Carlos Solano e Sandra Siciliano lançam o livro ‘Nossas Árvores’ – Reprodução
O arquiteto Carlos Solano e a paisagista Sandra Siciliano  prepararam um livro acessível a todos os que amam o verde resgatando o sentido terapêutico, espiritual e cultural das árvores mais conhecidas.”Assim fica mais fácil valorizá-las e amá-las”, dizem.
Pata-de-vaca:  Muito usada nas ruas da cidade pela beleza das flores, a folha dessa árvore lembra um coração. Curioso é que essa planta é usada para tratar o diabetes que, segundo uma linha de terapia corporal, é a doença de quem não se ama, ou de quem não se dá o doce da vida. O recado está na folha…
Paineira:  Também chamada de Barriguda, por causa do formato do tronco. Diz a lenda brasileira que a Sagrada Familia, em fuga para o Egito, passou pelo Brasil. Na aflição, Maria rogou aos céus por ajuda e a “barriga” dessa árvore se abriu, acolheu e escondeu a Família enquanto os soldados passaram. Desde então, ela foi abençoada com as qualidades de conforto e proteção maternal.
Mangueira: “Uma manga na mão, brota a criança no coração!”, diz o ditado. Na sabedoria dos benzedeiros, o amarelo da fruta fala de ânimo, sol e energia e, para quem está cansado, o tratamento é encostar-se no tronco da mangueira. Para o Candomblé, a manga-espada traduz a doce presença de Iemanjá, a Rainha das Águas.
Quer saber mais? Encomendas: [email protected]

Publicidade