bem-estar   / Madeixas longas

6 dicas para fazer o cabelo crescer mais rápido e com saúde durante a quarentena

A Dra. Hellisse Bastos revela como é possível estimular o crescimento saudável dos cabelos com procedimentos que podem ser incluídos na rotina e que podem ser seguidos mesmo durante o isolamento social

Redação Bons Fluidos Publicado sexta 15 maio, 2020

A Dra. Hellisse Bastos revela como é possível estimular o crescimento saudável dos cabelos com procedimentos que podem ser incluídos na rotina e que podem ser seguidos mesmo durante o isolamento social
Dra. Hellisse Bastos deu 5 dicas especiais para quem quer ver os fios crescerem - Reprodução / MF Press Global

Os cabelos compridos fazem parte do imaginário feminino, mas nem sempre é fácil conseguir ter longas e belas madeixas.

Na busca por formas mais rápidas de fazer os cabelos crescerem, é comum se deparar com muitos mitos, fórmulas supostamente milagrosas e promessas mirabolantes que logo se frustram. Mas afinal, existe jeito de turbinar o crescimento dos fios?

A dermatologista e especialista em estética capilar e da pele, Dra. Hellisse Bastos, revela que sim! Felizmente, há meios de fazer o cabelo crescer mais e melhor: “Geralmente, os cabelos crescem 1 centímetro por mês, mas por alguns motivos muitas pessoas não conseguem sequer chegar a este crescimento. Mas a boa notícia é que existem alguns truques e dicas que podem fazê-los crescer mais rápido e que são relativamente fáceis de incluir na rotina diária e não necessariamente envolvem procedimentos em clínicas estéticas.”

Confira as dicas da Dra. Hellisse Bastos para ter madeixas mais compridas e saudáveis mesmo durante a quarentena:

1) Tenha uma dieta rica em proteínas

As proteínas animais têm vitamina B12, que não é encontrada em grande quantidade nas proteínas vegetais. Carnes, peixes, frutos do mar e, em especial, ovos, têm também micronutrientes muito importantes, como a vitamina A.

No caso de ser vegano ou vegetariano, procure um nutricionista para um plano alimentar adequado para suas necessidades e uma médico para suplementar doses adequadas dos nutrientes insuficientes.

2) Tenha uma dieta rica em micronutrientes

Consuma alimentos ricos em micronutrientes, como zinco, ferro, vitaminas A e C, que são encontrados em sucos naturais, sucos detox, verduras de folhas escuras e cenoura.

3) Lave o cabelo com mais frequência

É um grande mito que não se deve lavar os cabelos todos os dias.

Isto não enfraquece os fios, nem maltrata o couro cabeludo, se observadas algumas regras importantes. Pode, sim, lavar os cabelos todos os dias ou até dia sim e dia não. Considere também massagear o couro cabelo para melhorar a circulação local e evitar o uso do condicionador para não obstruir os folículos.

4) Evitar o uso frequente de chapinha e secador

Chapinha e secador afinam e danificam os fios de cabelo. Aproveite a quarentena e evite o uso contínuo destes acessórios. Se precisar usar, hidrate os fios. Considere também usar óleos essenciais para estimular o crescimento, como os de de lavanda, óleo de rícino ou melaleuca.

5) Procure suplementação adequada à sua necessidade

Um médico dermatologista poderá identificar quais nutrientes estão em falta no seu organismo, seja por deficiência na alimentação ou na absorção. Assim, pode ser determinado pelo profissional qual será o aporte necessário, deixando estes nutrientes em níveis otimizados para um crescimento capilar.

6) Evite hábitos inflamatórios

Evite fumo e consumo excessivo de bebidas alcóolicas. Diminua também o consumo de alimentos ultra processados e industrializados.

Se o seu intestino não funciona bem, a chance de não obter crescimento capilar é muito grande também. É preciso ter um intestino em bom funcionamento para ter absorção apropriada dos nutrientes pelo organismo e a eliminação de toxinas. Consulte o seu médico e veja a necessidade de prescrição de probióticos ou suplementação.

Último acesso: 06 Jul 2020 - 16:07:41 (1042736).