Publicidade

É pra matar a saudade! Mamonas Assassinas serão homenageados em Live ”Xô Corô” no dia 23 de agosto

Serão transmitidos ainda dez clipes inéditos do grupo que ficou famoso nos anos 1990

É pra matar a saudade! Mamonas Assassinas serão homenageados em Live Show ”Xô Corô” no dia 23 de agosto – Divulgação

Banda de grande sucesso nos anos 1990, Mamonas Assassinas lançaram hits que se tornaram verdadeiras relíquias da música popular brasileira. Com um estilo diferente, excêntrico e inusitado, o grupo que fez jovens irem ao delírio pouco mais de 20 anos atrás receberão uma homenagem online neste mês de agosto.

Publicidade

O vocalista Dinho, o guitarrista Bento Hinoto, o tecladista Júlio Rasec, o baterista Sérgio Reoli e o baixista Samuel Reis de Oliveira ganharão um tributo que terá a participação de grandes fenômenos brasileiros, como Preta Gil, Fábio Porchat e Paulo Ricardo.

A Live especial que recebeu o nome de “Xô Corô”, em alusão ao novo coronavírus, será apresentada por Ruy Brissac, cantor e intérprete de Dinho no Musical Mamonas. Também contará com a outros nomes como Angélica, Marcelo Adnet, Marisa Orth, Sidney Magal e Marcos Veras.

Então anote a data e local de acesso! O encontro ocorrerá no penúltimo domingo do mês, mais especificamente no dia 23 de agosto, e será transmitido diretamente do canal oficial dos Mamonas Assassinas no YouTube. Para acessar a página, basta CLICAR AQUI.

Sucessos como “Pelados em Santos”, “Robocop Gay” e “Sabão Crá-crá” serão relembrados pelos artistas. Além disso, serão exibidos dez novos clipes inéditos da banda. Não dá para perder! O dinheiro arrecadado será destinado à Ação da Cidadania e do Fundo Social de Solidariedade de Guarulhos, cidade na qual a banda nasceu.

Publicidade

E as homenagens não param por aí! Ontem mesmo, quinta-feira, 13, anunciamos que Seu Jorge fará um tributo especial ao grande cantor britânico David Bowie neste próximo sábado, 15. Na transmissão, o carioca tocará em português sucessos como “Life on Mars?”, “Changes”, “Rock ‘n Roll Suicide”, “Rebel Rebel”.