Auto hipnose para diminuir a ansiedade: hipnoterapeuta ensina técnica caseira

Desmistifique a hipnose e se beneficie da prática com a ajuda do especialista Charles Bueno

REDAÇÃO BONS FLUIDOS Publicado quinta 16 julho, 2020

Desmistifique a hipnose e se beneficie da prática com a ajuda do especialista Charles Bueno
Aprenda algumas técnicas de hipnose caseiras para eliminar sintomas de ansiedade - Freepik

A pandemia do novo coronavírus pegou muita gente de surpresa e desde o final de março temos tentado adaptar nossas rotinas e viver o "novo normal" da melhor maneira, mas nem sempre essa é uma tarefa fácil.

Não foi à toa que, desde que o isolamento social se tornou obrigatório no Brasil, os dados de pacientes de depressão, ansiedade e estresse deram um salto tão grande. 

E na luta por aliviar os sintomas causados por esses transtornos mentais, algumas terapias menos invasivas se destacam, como é o caso da hipnose.

Em uma entrevista para a Máxima Digital, o hipnoterapeuta Charles Bueno, especialista em hipnose para transtornos mentais, desmistificou a técnica e mostrou como ela pode ser usada no combate desses sintomas indesejados.

"As pessoas pensam: 'Vou ser hipnotizado por alguém, então vou entrar em um estado de transe. E o que vai acontecer enquanto eu estiver assim?' Ser hipnotizado já cria um certo medo e uma expectativa para quem não conhece, mas na verdade, quando nós hipnotizamos o paciente ou qualquer pessoa que queira passar pelo processo, continua o processo natural da mente. Nada muda. A pessoa continua consciente e está presente. O transe hipnótico não é o que as pessoas imaginam. [...] É muito natural e quase imperceptível de reações. A pessoa não sente nada de diferente do estado que ela está agora", pontuou o especialista.

AUTO HIPNOSE NO ALÍVIO DA ANSIEDADE

O processo em clínica é feito e orientado pelo hipnoterapeuta, mas há também formas de se auto hipnotizar para aliviar sintomas de ansiedade, afinal hipnose é apenas FOCO e concentração em algo.

A dica que Charles Bueno deu, foi:

Quando você estiver em um momento de bastante ansiedade, feche os olhos e respire.

Ainda com os olhos fechados, tente mensurar de 1 a 10 (1 = pouco; 10 = muito) a sua ansiedade naquele momento. 

Estique seu braço direito e mova para cima, ou para baixo, tentando nivelá-lo de acordo com a nota que você deu para o seu sintoma. Ou seja: se tiver dado nota 10, eleve bastante o braço. E o deixe lá em cima.

No próximo passo, você dirá à sua mente que, enquanto o braço estiver lá em cima, a ansiedade ainda está em você, mas assim que ele começar a descer, todos os sintomas vão indo embora automaticamente. 

Diga para você mesmo, e acredite, que quando o braço descer todinho e tocar a sua perna, todos os seus sintomas terão ido embora.

Faça isso de olhos fechados e deixe seu braço ir caindo com a força da gravidade, automaticamente.

Quando ele tocar sua perna, você estará livre.

Caso não funcione da primeira vez, repita o processo.

Quer mais dicas? Assista à live que ficou salva no IGTV da Revista Máxima clicando AQUI.

 

 

 

Último acesso: 29 Sep 2020 - 23:24:50 (1043091).