comportamento   / Coronavírus

MPF solicita retirada do ar de vídeo em que Pastor Valdemiro oferece falsa cura da Covid-19

O Ministério Público deu o prazo de 5 dias para que o YouTube retirasse o material do ar

REDAÇÃO BONS FLUIDOS Publicado terça 12 maio, 2020

O Ministério Público deu o prazo de 5 dias para que o YouTube retirasse o material do ar
MPF solicita retirada do ar de vídeo em que Pastor Valdemiro oferece falsa cura da Covid-19 - Reprodução/YouTube

O Ministério Público Federal (MPF) solicitou nesta última segunda-feira, 11, que o YouTube retirasse do ar o vídeo em que o Pastor Valdemiro Santiago, líder da Igreja Mundial, surge fazendo propaganda de uma suposta semente que seria capaz de curar as pessoas infectadas com o novo coronavírus.

O MPF deu o prazo de cinco dias para que todas as providências a respeito do caso fossem tomadas. O vídeo que havia sido publicado na semana passada não faz mais parte do conteúdo compartilhado pelo canal oficial da Igreja Mundial no YouTube. O vídeo continuará salvo nos arquivos da empresa, como dado para possíveis providências de responsabilização.

A semente apresentada pelo Apóstolo no registro estava sendo oferecida aos fiéis através de propósitos de R$ 1 mil, ou ainda doações de R$ 500, R$ 200 e R$ 100. Confira a matéria.

É importante ressaltar que a Organização Mundial da Saúde (OMS) afirma que, até este momento, não há cura para a Covid-19. A própria Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) decretou que não há remédios reconhecidos, e consequentemente aprovados, que sejam capazes de combater o vírus, e que propagar falsas curas pode ser passível de punição.

Confira trecho do comunicado emitido pelo MPF: "Para a Procuradoria, está claro o uso de influência religiosa e da mística da religião para obter vantagem pessoal (ou em benefício da IMPD), induzindo vítimas em erro, pois não há evidência conhecida de cura da covid-19 por meio de alguma divindade nem por ingestão ou plantação de feijões mágicos".

Último acesso: 29 Sep 2020 - 22:52:12 (1042714).