comportamento   / O luto é passageiro

Por que a morte de famosos gera tanto impacto nas nossas vidas?

O ​Dr. Junior Silva, psicanalista e especialista nesse assunto, conta como superar o luto e o que podemos aprender nessa fase

Manequim Publicado quinta 6 maio, 2021

O ​Dr. Junior Silva, psicanalista e especialista nesse assunto, conta como superar o luto e o que podemos aprender nessa fase
Paulo Gustavo morreu, aos 42 anos, em decorrência de complicações da COVID-19 e causou comoção nacional - Instagram

Estamos vivendo um momento atípico em nossas vidas. Por conta da COVID-19, algumas pessoas estão perdendo amigos e familiares, é quase impossível não conhecer alguém que tem uma história para contar sobre essa doença. Na noite da última terça-feira, 4, o ator e humorista Paulo Gustavo, faleceu, aos 42 anos, em decorrência das complicações do coronavírus.

+ VEJA TAMBÉM: Paulo Gustavo morre aos 42 anos em decorrência da covid-19

Muitas pessoas, mesmo sem conhecê-lo pessoalmente, ficaram emocionadas e sofreram com a morte do artista. Paulo soube entrar na casa dos brasileiros e deixou um legado com a sua arte. Nas redes sociais, muitas homenagens e mensagens mostraram que, realmente, houve uma comoção nacional. 

Conversamos com o Dr. Junior Silva, psicanalista, hipnólogo e coach, para entender melhor o motivo pelo qual a morte de celebridades mexe tanto com as pessoas. Ele também explicou mais sobre o luto e deu algumas dicas valiosas de como passar por esse período. 

Clique aqui para ler a matéria completa no site da Revista Manequim, parceira da Bons Fluidos.

Último acesso: 04 Dec 2021 - 01:01:55 (1044901).