Publicidade

Teste realizado em laboratório mostra que enxaguante bucal mata o coronavírus em 30 segundos

O estudo ainda precisa ser avaliado por outros cientistas

A pesquisa indicou que alguns enxaguantes bucais podem ser eficazes para a prevenção da Covid-19 – Pixabay

Um teste realizado por cientistas de Cardiff, no País de Gales, mostrou que enxaguantes bucais podem matar o novo coronavírus em até 30 segundos, no entanto, a constatação não prova que estas substâncias podem ser usadas como tratamento. 

Publicidade

Segundo os pesquisadores, os enxaguantes bucais com pelo menos 0,07% de CPC mostraram “sinais promissores” para eliminar o vírus causador da Covid-19 em laboratório, o que indica que a substância pode ajudar apenas na prevenção, uma vez que eles não dever ser ingeridos.

+ VEJA TAMBÉM: Médico judeu relata como se sentiu ao tratar paciente com tatuagens nazistas com Covid-19 

O próximo passo agora é estudar se o enxaguante bucal ajuda a reduzir os níveis do vírus na saliva de pacientes com covid-19. “Embora esses enxaguantes bucais erradiquem o vírus de maneira muito eficaz em laboratório, precisamos ver se eles funcionam em pacientes e este é o ponto de nosso estudo clínico em andamento”, disse à BBC Internacional David Thomas, professor e diretor do Programa de Treinamento Acadêmico Integrado em Odontologia da Faculdade de Odontologia da universidade. 

“Se esses resultados positivos forem refletidos no ensaio clínico da Universidade de Cardiff, enxaguantes bucais baseados em CPC (Cloreto de cetilpiridínio)… podem se tornar um complemento importante à rotina das pessoas, junto com a lavagem das mãos, o distanciamento físico e o uso de máscaras, ambos agora e no futuro”, disse Nick Claydon, especialista em periodontologia à BBC. 

Publicidade

De acordo com o principal autor do estudo, Richard Stanton, a pesquisa ainda não foi examinada por outros cientistas, como é o processo normal com a pesquisa acadêmica. Por isso, necessita de mais constatações antes de ser publicada em alguma revista científica.