Turismo nupcial: Itália doará até R$ 20 mil para quem se casar na região da Sicília

O programa do governo pretende estimular o turismo nupcial na região, que foi duramente afetada pela pandemia

Bons Fluidos Publicado sexta 18 setembro, 2020

O programa do governo pretende estimular o turismo nupcial na região, que foi duramente afetada pela pandemia
O benefício tem o objetivo de incentivar o turismo nupcial na região - Pexels/ Emma Bauso

Um programa proposto pelo governo de Sicília, no sul da Itália, promete doar até 3 mil euros, quase R$ 19 mil, para quem quiser se casar na ilha italiana, uma das regiões mais turistadas no país. 

O intuito do benefício é estimular o mercado de casamentos e o turismo nupcial na região, que sofreu uma forte queda de faturamento devido às paralisações pelo novo coronavírus. 

+ VEJA TAMBÉM: Vinícola pagará lua de mel para casal que teve o casamento adiado por conta do coronavírus

"Segundo dados recentes, cerca de 70 mil casamentos foram cancelados na Itália devido à epidemia. O objetivo é dar um incentivo concreto e imediato às empresas do setor e aos casais de noivos", disse o secretário de Família da Sicília, Antonio Scavone.

Estima-se que mais de 3,5 milhões de euros, que devem beneficiar mais de mil casais, serão gastos até 2021, quando termina o programa.

Ainda não foram divulgados os critérios exigidos para obter o benefício e o governo siciliano ainda não informou se o programa também valerá para casais estrangeiros. 
 

Último acesso: 21 Oct 2020 - 16:06:47 (1043457).