bem-estar   / Cuidados diários

Aloe Vera: para que serve e como incluir no skincare? Karina Soeiro ensina

Substância queridinha desde o antigo Egito, a babosa ou Aloe vera, como é chamada cientificamente, é um componente multifuncional e indispensável na rotina de beleza

BONS FLUIDOS Publicado quinta 16 setembro, 2021

Substância queridinha desde o antigo Egito, a babosa ou Aloe vera, como é chamada cientificamente, é um componente multifuncional e indispensável na rotina de beleza
Como usar Aloe Vera no skincare - Freepik/ Racool_studio

Ingrediente de muitas receitinhas caseiras para o cabelo e pele, a Aloe Vera ganhou fama nos últimos anos, mas com outro nome: Babosa. Um verdadeiro armazém de nutrientes e substâncias benéficas ao ser humano, na sua composição existem mais de 75 substâncias com potencial farmacológico: vitaminas, aminoácidos, enzimas, minerais, ligninas, saponinas, taninos, ácido salicílico, polissacarídeos e ESTERÓIS, que estimulam a produção de colágeno, elastina e ácido hialurônico, ou seja, a combinação perfeita para a rotina de skincare.

“Além disso, componentes da Aloe tem a capacidade de inibir enzimas chamadas de metaloproteinases, que destroem colágeno, elastina e outras substâncias super importantes para manutenção da saúde e jovialidade da nossa pele”, explica Karina Soeiro, farmacêutica e Mestre em Ciências Farmacêuticas pela USP.

+++ Petisco saudável: reutilize as cascas de maçã e prepare este delicioso chips no forno ou na airfryer

O ingrediente é o queridinho para quem deseja fortalecer o cabelo, tornando os fios mais fortes e menos quebradiços. Já para a pele, o gel da folha traz diversos componentes que contribuem com o rejuvenescimento cutâneo, hidratação e tratamento de alterações estéticas e doenças de pele.

“A Aloe Vera é uma grande aliada para aquelas pessoas que possuem Melasma por conta da presença de Aloesina e Plicataloside, estudos recentes comprovam que essas substâncias inibem a enzima chave na produção de melanina, o pigmento que dá coloração a nossa pele. Poucas pessoas sabem, mas o gel da folha possui também poder antiinflamatório e cicatrizante, ideal para tratar os focos de dermatite e feridas, ajudando a melhorar a qualidade da pele mais rapidamente”, conta Karina.

A Aloe Vera é empregada há mais de 5 mil anos para fins medicinais. Tida como a “planta da imortalidade” no Antigo Egito, ela é famosa pelas propriedades analgésicas, regenerativas e antioxidantes, além de ser altamente nutritiva: a polpa das folhas, mesmo com 95% de água, é rica em vitaminas e minerais e contém 20 dos 22 aminoácidos existentes. 

“Como se já não fosse potencial demais para uma planta só, no último ano, mais de 30 pesquisas científicas foram publicadas demonstrando o grande potencial do seu uso para tratamento do envelhecimento e alterações causadas pela menopausa, como ressecamento vaginal, através de dois esteróis presentes nesta planta, o Lophenol e Cycloartanol”, explica Karina.

Segundo a especialista, o uso contínuo da babosa, tanto para os fios quanto para a pele, não gera riscos à saúde. “Para um bom resultado, o uso de extratos concentrados e padronizados se faz necessário. O extrato concentrado de Aloe pode ser incluído em formulações para o tratamento de diversas doenças e alterações estéticas, incluindo o envelhecimento, Melasma, Acne e algumas doenças dermatológicas. Já o uso oral merece cautela, no látex da babosa há alta concentração de uma antraquinona, a aloína, um composto fenólico, com altíssima propriedade laxante. Suplementos alimentares e alimentos com Aloe vera sofreram restrições pela Anvisa”, orienta Karina.

Conheça alguns dos benefícios deste componente para sua pele:

Hidratação: A babosa, por conta das ligninas e polissacarídeos, restitui à água que perdemos na pele. Mas vale lembrar que a hidratação com água é essencial para ajudar no tratamento com a Aloe Vera e obter resultados incríveis para uma pele macia e hidratada. O ideal é consumir cerca de 2 litros de água por dia.

Auxilia na cicatrização da pele: O componente auxiliar da modulação do processo cicatricial.

Antisséptico: Com função antisséptica, a babosa possui seis elementos ativos que ajudam neste processo, são eles o lupeol, ácido salicílico, nitrogênio uréico, ácido cinâmico, fenóis e enxofre, trazendo benefícios para aquelas pessoas que sofrem com acnes, pois a planta inibe a proliferação de fungos e bactérias.

Calmante para a pele: A Aloe Vera tem um grande potencial antiinflamatório e calmante.  É um grande aliado das peles irritadas ou sensíveis.

Último acesso: 17 Jan 2022 - 19:40:01 (1045715).