inspiracao   / Olimpíadas 2021

Olimpíadas de Tokyo: medalhas foram produzidas com lixo eletrônico reciclado

Metais reciclados de aparelhos eletrônicos foram usados para confeccionar as medalhas olímpicas

Bons Fluidos Publicado terça 20 julho, 2021

Metais reciclados de aparelhos eletrônicos foram usados para confeccionar as medalhas olímpicas
Medalhas olímpicas foram produzidas com metais reciclados - Divulgação/ Comitê Olímpico Internacional

Depois de postergar por um ano, as Olimpíadas de Tokio começam nesta sexta-feira, 23, no Japão e os preparativos para o maior evento multiesportivo do mundo já estão à todo vapor. 

Logo que souberam que sediariam as olimpíadas, o Japão tratou de procurar alternativas sustentáveis para tornar o evento mais responsável no quesito ambiental e, para isso, produziu as medalhas a partir de materiais reciclados de aparelhos eletrônicos descartados. 

+++ Conheça a iniciativa de Pedro Fruet, brasileiro que ganhou o ''Oscar da Ecologia'' com projeto sobre botos

Segundo o Comitê Olímpico Internacional (COI), foram coletados mais de 78 mil toneladas de lixo eletrônico entre abril de 2017 e março de 2019. O material foi entregue para a principal empresa de telefonia móvel japonesa para que transformassem os metais reciclados em medalhas olímpicas. 

Celulares, notebooks, PCs, tablets e outros eletrônicos geraram 5 kg de ouro, 3,5 mil kg de prata e 2,2 mil kg de bronze. Estes componentes foram extraídos de partes dos eletrônicos por meio de um processo complicado, mas que renderam metais preciosos. 

+++ Após 20 anos de extinção, filhotes de ararinhas-azuis nascem no Brasil

O processo de produção das medalhas inclui extrair os metais preciosos do lixo eletrônico, triturá-los, derretê-los e moldá-los de acordo com as medalhas, que foram desenhadas pelo designer Junichi Kawanish.

Último acesso: 26 Oct 2021 - 18:00:55 (1045373).