comportamento   / Métodos alternativos de cura

Terapia alternativa! Veja de que maneira a hipnose atua como ferramenta de tratamento da compulsão alimentar

As sessões desta forma de terapia tratam os vícios e promovem verdadeiras mudanças de hábito

REDAÇÃO BONS FLUIDOS Publicado sexta 25 setembro, 2020

As sessões desta forma de terapia tratam os vícios e promovem verdadeiras mudanças de hábito
Terapia alternativa! Veja de que maneira a hipnose atua como ferramenta de tratamento da compulsão alimentar - Freepik

Durante a pandemia e o isolamento social, não há quem não tenha caído em alguma tentação alimentar. Não é à toa que a palavra ‘emagrecer’ é líder de sites de busca na internet.

Seja por angústia, por passatempo ou por ansiedade, os índices de compulsão alimentar vem crescendo em larga escala a cada dia. Como ferramenta para minimizar os frequentes descontroles alimentares, o trabalho da hipnose nesse sentido é baseado em ciência e trata o emagrecimento consciente de maneira global em cerca de 8 sessões.

+ VEJA: Pare de fumar ainda este ano! Profissional dá dicas valiosas para atingir esse objetivo

O especialista Charles Bueno, hipnoterapeuta especialista em transtornos mentais e professor de hipnose, explica como. “Tudo é feito em um processo integral que trabalha, sobretudo, as emoções envolvidas em compulsão alimentar, os hábitos que fizeram isso tornar um vício e o engajamento para que a pessoa tratada tenha uma progressão positiva (se vendo mais magra (o) daqui a um tempo) e também negativa (se enxergando mais gorda (o) no mesmo período) para que a progressão positiva prevaleça”, conta.

Na terapia da hipnose, a redução alimentar é tratada a partir de substituições de alimentos e aceleração do metabolismo através do controle da mente, em primeiro lugar. Outras importantes alternativas são a colocação do Balão Hipnótico, algo como um balão gástrico, com a diferença que ele não é colocado, mas a pessoa o sente perfeitamente dentro do corpo. Incrível, não?

O especialista ainda explica que cada pessoa tem uma relação individual e muito específica com a comida. Por isso, é tão importante compreender o que leva a compulsão, as crenças, os hábitos e como isso tudo se desenvolveu ao longo da vida daquela pessoa. “Em encontros semanais conseguimos reforçar em cada sessão as mudanças de comportamento que podem levar a pessoa a atingir o seu equilíbrio alimentar”, afirma Charles.

+ VEJA: Relembre a história da menina que sobreviveu a "dois partos" para salvar a vida da mãe de um tumor no útero

O hipnoterapeuta conta que, durante uma sessão de hipnose, o paciente permanece acordado e mantêm a percepção consciente de quem é, onde está, porque está se entregando a esse tratamento para conseguir se focar na cura, ao mesmo tempo em que se desliga das percepções externas. Isso ajudará a abrir caminhos para entender as atividades internas da mente que levaram ao descontrole e ao vício. “Desta maneira, o paciente consegue mudar os hábitos em relação à alimentação, aprende a conduzir os problemas emocionais de forma mais assertiva, sem utilizar a comida como conforto”, finaliza o profissional.

Último acesso: 21 Oct 2020 - 16:57:16 (1043503).