Publicidade

Como desengasgar bebês com menos de um ano?

Aprenda a técnica para conseguir ajudar alguma criança pequena, sendo sua filha ou não, caso se engasgar

desengasgar-bebês-com-menos-de-um-ano
Aprenda técnicas para desengasgar bebês com menos de um ano – Canva Pro/RossHelen

Recentemente, a influenciadora digital Clara Maia viralizou nas redes sociais por ter captado o momento em que seu bebê engasgava com leite, e, usando uma técnica ajudou-o a liberar as vias aéreas. Agora, te perguntamos, você saberia desengasgar bebês com menos de um ano se fosse necessário? Caso a resposta seja não, tudo bem, porque hoje, pode aprender. Confira abaixo o que fazer segundo especialistas entrevistadas pelo jornal ‘Folha de São Paulo’:

Publicidade

O procedimento

Coloque a criança de barriga para baixo, com o bumbum mais alto que a cabeça. Dê tapinhas nas costas. Isso deve bastar, de acordo com as dicas de Ana Escobar, pediatra e professora associada da Faculdade de Medicina da USP. Porém, caso ela pare de respirar, faça essa manobra de bater nas costinhas alternando com a técnica de virá-lo de barriga para cima e realizar a massagem cardíaca”. Esta, por sua vez, deve ser feita no meio do osso do peito do bebê, com os dedos indicador e médio aprofundando cerca de dois terços do tórax.

Caso ele não responda ao procedimento e perca a consciência, a pediatra e membro da Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP), Tânia Zamataro indica realizar o procedimento anterior por 30 vezes. “Acabando, o responsável deve colocar a boca em volta do nariz e boca e fazer duas ventilações”, completa. Já a técnica boca a boca de ventilação só é recomendada em casos específicos, quando o bebê não está mais respirando e será necessário reanimá-lo. “Dependendo do caso, se assoprar enquanto a criança ainda estiver engasgada, vai jogar mais mais leite aos pulmões”, afirma a médica otorrinolaringologista do departamento de Aerodigestivo do Sabará Hospital Infantil, Saramira Bohadana.

Vale lembrar que todos esses procedimentos devem ser feitos com cuidado para não machucar o bebê, que ainda tem o corpinho muito sensível.

Confira em vídeo a manobra que a enfermeira especializada em primeiros socorros, Letícia Spina Tapia ensina ao canal do YouTubeEu Amo Meu Bebê’:

Publicidade